Governo muda horário para 19 horas e inclui Luís Eduardo Magalhães no toque de recolher.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Ontem, às 18 horas, não se via viva alma nas ruas de Barreiras. O silêncio só era quebrado pelas sirenes dos carros da Polícia Militar e Guarda Municipal. A cidade estava oficialmente inaugurando o toque de recolher, providencialmente editado pelo Governo do Estado, depois de um aumento extraordinário de contaminações e mortes.

Em virtude do Decreto Estadual nº 19.893/2020, publicado na última terça-feira (04), determinando o toque de recolher para Luís Eduardo Magalhães e outros onze municípios; a Prefeitura Municipal publicou nesta quarta-feira (05), no Diário Oficial do Município, o Decreto nº 259/2020, que ratifica as medidas adotadas pelo Governador do Estado da Bahia, quanto a restrição de circulação noturna como medida de enfrentamento ao novo coronavírus.

➡️ O novo decreto determina a restrição de locomoção noturna, vedando a qualquer indivíduo a permanência e o trânsito em vias, equipamentos, locais e praças públicas, das 19h às 05h, a partir das 00h do dia 05 de agosto de 2020 até o próximo dia 11.

Não se aplica ao toque de recolher as hipóteses de deslocamento para ida a serviços de saúde ou farmácia, para compra de medicamentos, ou situações em que fique comprovada a urgência. Também não se aplica aos servidores, funcionários e colaboradores, no desempenho de suas funções, que atuam nas unidades públicas ou privadas de saúde e segurança; assim como não se aplica aos serviços necessários ao funcionamento das indústrias e da logística do agronegócio, bem com o deslocamento dos seus trabalhadores e colaboradores.

Desta forma, está autorizada a circulação de funcionários para possibilitar a troca de turno das indústrias localizadas no município, desde que, estejam identificados com crachá da empresa e documento oficial emitido pela indústria empregadora que justifique a circulação no horário compreendido entre as 19h e 00h.

Os restaurantes poderão manter em funcionamento o serviço de delivery até as 23h, mas está proibido o sistema conhecido como drive thru. Os motoboys dos serviços de delivery também deverão estar devidamente identificados por meio de crachás e documento oficial da empresa empregadora justificando a circulação, ainda que seja nos casos de prestadores de serviço eventual. Já os restaurantes internos de hotéis e pousadas, ficam autorizados a estender o horário de expediente para atendimento exclusivo aos hóspedes.

Marcio Brito
Marcio Brito

DaQui Agência Digital

Campanha da Fraternidade 2020

Viu, sentiu compaixão e cuidou dele” (Lc 10,33-34)