Papa Francisco diz que vai tomar a vacina contra a Covid-19

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
"Acredito que eticamente todo mundo deve tomar a vacina", disse o Santo Padre

O Papa Francisco afirmou que deve tomar a vacina contra a Covid-19 na próxima semana. A declaração foi dada em entrevista ao canal de de TV italiano Mediaset no sábado, 9 de janeiro.

O Papa, ao dizer que já se inscreveu para tomar a dose, acrescentou: “Eu acredito que eticamente todo mundo deve tomar a vacina. É uma opção ética porque você aposta na sua saúde, na sua vida, mas também na vida dos outros”.

Vale dizer que Francisco tem 84 anos e só pela idade se enquadraria no grupo de risco para a Covid-19. Além disso, quando jovem, o Papa teve que retirar parte do pulmão por causa de uma doença respiratória. Isso, portanto, o tornaria mais vulnerável às complicações causadas pelo coronavírus.

Vacinação no Vaticano

A vacinação no Vaticano ainda não tem data certa para começar. Segundo a Diretoria de Saúde e Higiene do Governatorato a campanha deve ter início na segunda quinzena de janeiro.

Fontes vaticanas informaram que a vacina escolhida é a do consórcio Pfizer/BioNTech.

 

A imunização contra o coronavírus deverá cobrir 100% dos funcionários e cidadãos do Vaticano. Além disso, também receberão as doses os familiares dos colaboradores que dependem do Fundo de Assistência à Saúde da cidade-Estado.

A Santa Sé informou que, primordialmente, adquiriu um refrigerador para armazenar as doses. De fato, o imunizante deve ficar a cerca de 70 graus Celsius negativos.

Marcio Brito
Marcio Brito

DaQui Agência Digital

Apoio Cultural:

Campanha da Fraternidade 2020

Viu, sentiu compaixão e cuidou dele” (Lc 10,33-34)