Salmo para quem perdeu as forças: “Senhor, até quando isto vai durar?”

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Pe. Zezinho propõe um Salmo de súplica para quem está "aflito ao extremo" e, ao mesmo tempo, um Salmo de gratidão pela súplica atendida

Salmo para quem perdeu as forças: “Senhor, até quando isto vai durar?”

A ansiedade pelo fim de uma grande provação é o desejo contido numa versão do Salmo 6, que o pe. Zezinho propôs, em sua rede social, especialmente “para quem perdeu as forças”.

Diz o Salmo compartilhado pelo sacerdote:

Senhor, não me repreendas em tua ira, nem me castigues com ira! Tem piedade de mim, Senhor, pois perdi as forças; cura-me, Senhor, pois meus ossos estão abalados e minha alma está aflita ao extremo. Ouso perguntar, Senhor, até quando isto vai durar! Olha para mim, Senhor, livra a minha alma, salva-me por piedade. Se eu morrer, terás mais um ex-vivente silencioso. Quero te louvar em vida, Senhor! Meu gemido me faz desfalecer, inundo de pranto minha cama e toda noite banho de lágrimas meu leito. Deprimido, a tristeza perturba meus olhos; já envelheço entre tantos inimigos.

Salmo para quem perdeu as forças – mas as recuperou e é grato por isso

Na sequência, o pe. Zezinho destaca a mudança de tom no mesmo Salmo, pois ele passa a dar voz à gratidão pela prece atendida:

Segundo momento do Salmo: Fui ouvido! Afastai-vos de mim, todos vós, malfeitores, pois o Senhor ouviu a voz do meu pranto. O Senhor ouviu a minha súplica e acolheu minha oração. Fiquem confusos e conturbados todos os meus inimigos. Recobrei minha paz e Deus me restituiu a força!
Marcio Brito
Marcio Brito

DaQui Agência Digital

Apoio Cultural:

Campanha da Fraternidade 2020

Viu, sentiu compaixão e cuidou dele” (Lc 10,33-34)