A fé em Jesus renova todas as coisas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
“‘Um profeta só não é estimado em sua pátria, entre seus parentes e familiares’. E ali não pôde fazer milagre algum. Apenas curou alguns doentes, impondo-lhes as mãos” (Marcos 6,4-5).

A grande afirmação do Evangelho de hoje é justamente esta: que em Sua casa, onde Ele foi criado (Nazaré), Ele não pôde fazer milagre algum.

A impotência de fazer milagre não é de Jesus, é dos seus, de não acolherem a presença amorosa de Jesus. Porque os seus parentes pararam na sua humanidade, apenas olharam: “Ele é um parente nosso”, “Ele é da nossa família”, “Quem Ele acha que é?”, e não deram crédito a Jesus, pararam na incredulidade do coração e não se deixaram crescer na fé e na experiência com o Senhor Jesus. E nós, muitas vezes, paramos nos nossos raciocínios humanos.

Não despreze, de forma alguma, a racionalidade, porque ela é um dom de Deus, mas a racionalidade que não é iluminada nem alimentada pela fé torna-se irracional, porque ela não é gerida pela graça, não é iluminada pela fé.

Sejamos discípulos de Jesus, para que, todos os dias, toquemos no milagre da fé

Vamos nos tornando pessoas descrentes, desanimadas, vivemos a nossa fé por viver, vamos à igreja por ir. E por que? Por que já crescemos assim? Por que já fazemos parte? Não! A fé é um dom e uma graça, e todo dom e graça, precisam ser alimentados, cultivados, precisam se abrir para que Deus possa agir, porque, do contrário, também não vamos experimentar milagre algum em nossa vida. E o grande milagre da vida chama-se: fé.

Não é a fé só de acreditar que Deus existe, é a fé de acreditar que Deus pode e faz; é a fé de acreditar que eu me jogo nos braços de Deus e Ele cuida de mim. Fé de acreditar na Palavra de Jesus, que Ele é a Palavra e a Palavra d’Ele faz nova todas as coisas.

Não sejamos como os parentes de Jesus, incrédulos e, por isso, não tocaram na graça, mas sejamos discípulos de Jesus, formados na sua escola, sedentos do seu amor e da sua verdade, para que, todos os dias, toquemos no milagre da fé; e a fé opere milagres na nossa racionalidade e incredulidade.

Essa amorosidade que todos nós temos dentro do nosso próprio ser é a fé que faz novas todas as coisas. Toquemos em Jesus porque Ele quer tocar em nós.

Deus abençoe você!

Marcio Brito
Marcio Brito

DaQui Agência Digital

Apoio Cultural:

banner-paroquia-nossa-senhora-gracas
encontro-matrimonio

Campanha da Fraternidade 2020

Viu, sentiu compaixão e cuidou dele” (Lc 10,33-34)