É essencial cuidarmos do nosso coração

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
“O que sai do homem, isso é que o torna impuro. Pois é de dentro do coração humano que saem as más intenções, imoralidades, roubos, assassínios” (Marcos 7,20-21).

O quanto é importante nos voltarmos para dentro do nosso coração; nos cuidarmos; porque a hipocrisia nos leva a cuidar somente da carcaça, do que é externo. Nós, muitas vezes, vivemos em função do que os outros acham e como os outros nos olham.

Vivemos na sociedade das aparências, onde importa o que é aparente e, por isso, sempre buscamos viver de aparências. Cuidado! Já deu para ver ao longo da vida que as aparências se tornam muitas vezes enganosas.

O homem vê as aparências, mas Deus é Aquele quem vê o coração. O homem e a mulher de Deus saem do mundo ilusório das aparências para viver e cuidar do seu coração.

Vivemos cuidando das aparências, mas não vivemos cuidando do essencial, que é cuidar do coração

Os salões estão cheios… E que bom que tem profissionais trabalhando e cuidando da nossa beleza! Cuide mesmo do corpo. As academias estão cheias, tantas pessoas correndo para cuidar bem com o corpo. Mas cuidado quando você cuida somente do que é exterior, cuidado quando você cuida somente daquilo que está para fora. Cuidado quando você só está preocupado em fazer selfie para mostrar a imagem bonitinha, o rosto lindinho, ainda mais que existem recursos para apagar até as rugas; ninguém pode ver minhas rugas, ninguém pode ver que meu cabelo está branco, ninguém pode ver que minha roupa não está bem passada, porque nós também nos deixamos levar pela sociedade das aparências.

Que beleza que você esteja aparentemente sempre bem! Mas, mais do que aparentemente, mais do que as aparências estarem bem, você estará verdadeiramente bem, se o seu coração estiver bem.

Cuidemos com muita aplicação e determinação daquilo que sai de dentro de nós. Não é isso ou aquilo que deixo de comer que vai me fazer um homem melhor ou pior, e sim o que sai de dentro de mim, porque a boca diz o que o coração alimenta, o que o coração tem, e nós vemos quanta coisa dura e cruel, quantas palavras perniciosas, maldosas, quantas palavras violentas saem de dentro de nós porque não cuidamos do que está dentro. Quantos sentimentos estão guardados no fundo da nossa alma, quantas más intenções e maus desejos estão aniquilados no nosso interior.

É preciso, todos os dias, passar pelo processo de purificação e renovação do coração, não se acostumar e não permitir que as impurezas sejam guardadas em nós porque elas saem com violência e provocam muito estragados.

Deus não nos quer estragados, não nos quer estragando nossa casa, nossa família, o mundo, a sociedade, as relações e as amizades que temos. Não cuidamos com a delicadeza necessária do interior, vivemos cuidando das aparências, mas não vivemos cuidando do essencial que é cuidar do coração.

Deus abençoe você!

Marcio Brito
Marcio Brito

DaQui Agência Digital

Apoio Cultural:

banner-paroquia-nossa-senhora-gracas
encontro-matrimonio

Campanha da Fraternidade 2020

Viu, sentiu compaixão e cuidou dele” (Lc 10,33-34)