Abramos o nosso coração para a graça de Deus

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
“Por que esta gente pede um sinal? Em verdade vos digo, a esta gente não será dado nenhum sinal” (Marcos 8,12).

A hipocrisia ou a ilusão da vida é pedir um sinal da graça quando nós temos a graça. Qual é o sinal que vamos pedir a Deus se Ele está no meio de nós? Qual é o sinal que vamos pedir para nos encontrarmos com Ele, se Ele já está aqui no meio de nós? Desculpa, estamos vivendo uma religião às cegas, não vemos o que é óbvio, não enxergamos a graça. Mas o problema não é a graça, é o nosso coração que não se converte para ela.

A Palavra de Deus está aí sendo anunciada e proclamada; a Palavra de Deus está agindo, está libertando, está curando, mas não estamos vendo, porque os nossos olhos estão vedados; então, não fiquemos esperando Deus nos dar algum sinal, não fiquemos esperando cair um trovão do céu, não fiquemos esperando nuvens correrem para lá e para cá, porque há muita gente dizendo: “Olha, Deus vai mandar um sinal!”. Não precisamos de sinal, já estamos com a presença amorosa de Deus em todo canto e lugar em que vamos.

Jesus é a Palavra viva, Ele está ao nosso alcance todos os dias, para que dela nós nos alimentemos. Ele está em todos os Sacrários do mundo inteiro, vivo e ressuscitado. Algumas pessoas precisam ir em Jerusalém para encontrar Jesus. Não tem problema! Eu também já fui lá. Mas Ele está na capelinha lá da zona da mata, Ele está nas nossas cidades e metrópoles; está presente, vivo e real na hóstia consagrada, na Eucaristia.

O problema não é a graça, é o nosso coração não se converter para ela

Há pessoas que precisam ver Deus, mas Ele mesmo já disse: “Eu tive fome… Eu estou ali no faminto, no sedento” (cf. Mateus 25,35). Passamos todos os dias por Jesus jogado ao nosso lado, mas não ligamos, porque queremos sinais para beneficiar a nossa materialidade, nossas graças pessoais que, muitas vezes, são materiais, por isso não percebemos toda a manifestação poderosa e amorosa de Deus em nosso meio.

Eu nunca pedi, não vou pedir nem quero que Nossa Senhora e Nosso Senhor me apareçam, porque eu já estou aqui, estou vendo e contemplando. Se não encontro Jesus na Eucaristia, na Palavra e no irmão, onde vou encontrá-Lo? Se não encontro Jesus nas manifestações do Seu amor misericordioso na minha vida, onde vou encontrá-Lo?

Não coloquemos Deus à prova, coloquemos o nosso coração de joelhos, coloquemos nosso coração penitente para se abrir à graça, porque ela está aí, mas estamos deixando-a passar, porque não nos convertemos para ela.

Deus abençoe você!

Marcio Brito
Marcio Brito

DaQui Agência Digital

Apoio Cultural:

Campanha da Fraternidade 2021

CRISTO É A PAZ: DO QUE ERA DIVIDIDO, FEZ UM unidade".