A oração fortifica nossa relação com Deus

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
“Quando orardes, não useis muitas palavras, como fazem os pagãos. Eles pensam que serão ouvidos por força das muitas palavras” (Mateus 6,7).

Neste tempo quaresmal, tempo de graça que estamos vivendo, não podemos perder o foco nem a meta, e a nossa meta é crescer na comunhão com o Senhor, a nossa meta é criarmos intimidade com o Senhor Nosso Deus, é caminharmos com Jesus na observância da Sua própria Quaresma, que foram Seus 40 dias no deserto. Por isso, a importância e o fundamento da oração.

Preciso enfatizar que temos de caprichar na nossa oração pessoal, dedicar mais tempo a ela e deixar de lado práticas e costumes. Precisamos deixar de lado, inclusive, aquilo a que temos nos dedicado há tanto tempo: às redes sociais, à internet, à televisão e a outros consumismos do tempo presente para nos dedicarmos à oração sóbria, direcionada, autêntica e verdadeira como nos ensina o Mestre Jesus.

Primeiro, não precisamos usar de muitas palavras, porque a oração é mais ouvir do que falar. Quando aprendemos a escutar, aprendemos a crescer na relação com Deus por via da oração.

Não se impressione achando que quanto mais falarmos, mais vamos orar. É o contrário, quanto mais escutarmos, quanto mais deixarmos Deus falar, mais mergulhados estaremos na oração.

Precisamos caprichar na nossa oração pessoal, precisamos dedicar mais tempo a ela

A oração é dirigida ao Pai, não a nós; a oração é dirigida Àquele que é o nosso Criador, por isso toda oração é para exaltar, glorificar e santificar o Pai, que é Pai de todos nós.

É por isso que, mesmo sozinho, na nossa oração pessoal, não dizemos: “Pai-Meu”, porque esse Pai é nosso, esse Pai é de todos nós. Por isso toda oração nos leva a santificar, exaltar, glorificar o nome do Senhor, leva-nos a cuidar do irmão, a nos preocuparmos para que o pão não seja “meu”, para que tudo que temos não seja “meu”, mas seja nosso.

A oração tem o poder de transformar, ela quebra o nosso orgulho, o nosso egoísmo, as nossas vaidades e transforma a nossa mentalidade. Muitas vezes, oramos para que as coisas aconteçam do nosso jeito, oramos para ter conquistas, para que as coisas se façam do jeito que queremos.

“Seja feita a Vossa vontade.” Não tem graça maior do que se submeter à vontade de Deus. Muitas vezes, não a compreendemos, por isso a tememos, mas para quem está em Deus não há temor, não há medo, porque temos um Deus que cuida de nós. Aprendamos a ser cuidados por Deus pela via da oração.

Deus abençoe você!

Marcio Brito
Marcio Brito

DaQui Agência Digital

Apoio Cultural:

banner-paroquia-nossa-senhora-gracas
encontro-matrimonio

Campanha da Fraternidade 2021

CRISTO É A PAZ: DO QUE ERA DIVIDIDO, FEZ UM unidade".