Vivamos bem os mandamentos de Deus

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
“Portanto, quem desobedecer a um só desses mandamentos, por menor que seja, e ensinar os outros a fazerem o mesmo, será considerado o menor no Reino dos Céus. Porém, quem os praticar e ensinar será considerado grande no Reino dos Céus” (Mateus 5,19).

Olharam para Jesus e entenderam que Ele veio abolir a Lei, os profetas, os mandamentos e ensinamentos que eles trouxeram. É o contrário, Jesus veio não só para cumpri-los, como também para nos ensinar a cumpri-los. Mas não cumpri-los, e sim na graça e no espírito; não apenas cumprir com aquilo que é vantajoso, mas cumpri-lo com a determinação que cada mandamento e ensinamento exigem de nós.

Portanto, não desprezemos os mandamentos, os ensinamentos nem façamos dos mandamentos um embrulho de acordo com as nossas convicções humanas e não religiosas. É preciso se converter a Jesus, é preciso se converter ao Senhor, para que possamos não só viver, mas ensinar com a vida os mandamentos do Senhor Nosso Deus.

Os mandamentos são vida para a nossa vida, são regras para que a nossa vida humana seja plena, mas muito mais do que regras, os mandamentos de Deus são vida para a nossa vida. Não desprezeis um só deles! Não coloque um mandamento que você vive e despreza os outros.

Não façamos dos mandamentos um embrulho de acordo com as nossas convicções humanas e não religiosas

Você pode dizer assim: “Eu amo a Deus sobre todas as coisas, porque Deus é tudo para mim”, “Deus está em primeiro lugar na minha vida”, “Tudo que eu faço coloco sempre Deus em primeiro lugar”, “Honro a Deus porque oro todos os dias”. Que beleza! Está cumprindo o primeiro mandamento, mas cumpra os outros também, honre a Deus com as palavras, não ofenda a Deus colocando-O onde Ele não está, mas ame e respeite profundamente o seu próximo.

“Eu respeito”, “Nunca mato ninguém”, “Eu defendo a vida acima de todas as coisas”. É verdade, defenda a vida e não se torne uma pessoa agressiva; defenda a vida e promova a vida de todos. É verdade, eu nunca adulterei, mas viva a pureza no olhar, no pensar, no sentir e no agir. Não adianta se vangloriar porque você nunca roubou, mas se não respeitou o que é do outro, não devolveu o que pegou emprestado, isso nunca te coloca mais do que os outros ou acima dos outros.

É preciso não somente reparar o que os outros não fazem, mas reparar aquilo que deixo de fazer e ignoro fazer na vivência da Lei de Deus. Com humildade pratiquemos, com humildade possamos rever a nossa vida, mas, com muita humildade, possamos praticar os mandamentos de Deus sem ignorar aquilo que achamos de menor importância.

Deus abençoe você!

Marcio Brito
Marcio Brito

DaQui Agência Digital

Apoio Cultural:

Campanha da Fraternidade 2021

CRISTO É A PAZ: DO QUE ERA DIVIDIDO, FEZ UM unidade".