O Reino de Deus promove a união entre nós

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
“Todo reino dividido contra si mesmo será destruído; e cairá uma casa por cima da outra” (Lucas 11,17).

Querem acusar Jesus porque Ele expulsou o demônio de um mudo e esse começou a falar. As multidões admiravam, mas outros disseram: “O que Ele faz é por Belzebu, o príncipe dos demônios”.

Que blasfêmia! Acusar uma obra de Deus como uma obra do maligno, misturar o bem de Deus com a maldade do mundo. Infelizmente, nos tempos em que estamos vivendo, as misturas estão acontecendo: o mal se mistura com o bem, o bem se mistura com o mal e o maligno prevalece nas ações, porque ele é aquele que veio para dividir.

Ele se dividiu quando se separou de Deus; e tudo o que Ele quer é semear divisões, colocar as pessoas umas contra as outras. O que ele quer é nos colocar uns contra os outros, ele quer o Reino de Deus destruído. É claro que ele não destrói o que é de Deus, é ele quem vai ser destruído, como aqueles que seguem as suas obras causando divisão, separação e estragos no Reino de Deus; causando divisão e semeando discórdias ao invés de promover a paz, a união e o diálogo. Ao invés de promover Deus com humildade, querem promover o Reino de Deus com soberba, orgulho, acusação e provocando sempre discórdias e acusações.

O Reino de Deus é aquele que promove nas diferenças a união com Deus

É preciso que nós, humildemente, neste tempo que se chama Quaresma, nos perguntemos: “a serviço de quem nós estamos”? Somos promotores da unidade ou da divisão? Somos promotores das guerras, dos conflitos ou da união? Somos promotores do diálogo com respeito, amor e misericórdia, ou nós entramos nas guerras que o mundo promove para colocar as pessoas umas contra as outras?

Sabemos viver o respeito, a humildade, o amor, que é a base das nossas relações, ou cedemos ao reino das acusações, das brigas e confusões dos tempos em que vivemos?

Quantas casas estão se acabando e sucumbindo. Quantas famílias estão se destruindo porque é uma família dividida, porque é uma família onde um se coloca contra o outro. Quantas paixões políticas e ideológicas estão destruindo famílias e relacionamentos. Quantos pensamentos mundanos e humanos tomando conta do mandamento do amor que é a exigência maior do Evangelho. Quantos pensamentos pessoais e individuais se colocam acima da graça de Deus que quer fazer o novo em nossa vida.

O reino diabólico é o reino daquele que tudo divide, separa e coloca as pessoas umas contra as outras. O Reino de Deus é aquele que promove nas diferenças a união com Deus. Sejamos instrumentos da paz e não da divisão!

Deus abençoe você!

Marcio Brito
Marcio Brito

DaQui Agência Digital

Apoio Cultural:

Campanha da Fraternidade 2021

CRISTO É A PAZ: DO QUE ERA DIVIDIDO, FEZ UM unidade".