A missão de Jesus é semear o bem entre nós

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
“Em verdade, em verdade vos digo, quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou, possui a vida eterna. Não será condenado, pois já passou da morte para a vida” (João 5,24).

A vida eterna é esta: crermos n’Aquele que o Pai enviou, Jesus Nosso Senhor e Salvador. Crer em Jesus é levar a vida em nome d’Ele.

Muitos judeus se opuseram a Jesus, não O acolheram, não O receberam, O rejeitaram e O mataram na cruz. Mas hoje vivemos numa sociedade e, também numa forma de viver a nossa cristandade, somos cristãos que, muitas vezes, ignoramos e não acolhemos a Jesus, não aceitamos a vida que Ele nos trouxe.

O Senhor está dizendo que aqueles que creem n’Ele ressuscitarão para a vida, mas aqueles que praticam o mal ressuscitarão para a condenação. Crer em Jesus não é somente professar uma fé ou dizer: “Olha, eu creio em Deus Pai”. “Creio em Jesus Cristo, Seu filho único”, mas é ter as obras que Jesus praticou, porque muitos creem no Seu nome, mas praticam o mal, vivem no mal, desejam e fazem o mal para o próximo.

Aquele que é de Jesus pratica o bem, semeia o bem e realiza o bem para o seu próximo

É muito importante que a nossa fé, aquilo que professamos com a boca, seja condizente com aquilo que vivenciamos na vida. É preciso que a fé produza obras e frutos. Não podemos de forma alguma, sermos discípulos do Mestre Jesus e praticarmos o mal uns aos outros; mal de todas as espécies e maneiras: do desejar o mal, do fazer o mal, do praticar o mal, do desejar que o outro se dê mal, as verdadeiras maldades que são penetradas no mundo em que vivemos.

É importante deixar que a Palavra de Deus nos purifique porque as raízes do mal estão em nós, as raízes malignas estão em nós. Herdamos, vivemos numa sociedade que pratica o mal e também imitamos os comportamentos errados e malignos que há no meio de nós. Somos influenciados pelo meio que vivemos, mas somos também tentados a praticar o mal.

Aquele que é de Deus, aquele que crê em Jesus realiza as obras do Senhor, é por isso que Jesus começa hoje dizendo: “Meu Pai trabalha sempre, portanto também eu trabalho”. Qual é a obra, o trabalho do Pai, senão edificar o bem, fazer o bem? Porque tudo foi feito com a bondade de Deus, porque Ele viu que tudo era bom.

Semear as sementes do bem é a missão de Jesus, tudo aquilo que o mal veio destruir, Jesus veio para reparar; e aquilo que o mal tem destruído no mundo não podemos continuar semeando, sendo destruídos pelo mal e deixando que ele esteja penetrado em nossas ações, pensamentos e sentimentos.

Aquele que é de Jesus pratica o bem, semeia o bem e realiza o bem para o seu próximo!

Deus abençoe você!

Marcio Brito
Marcio Brito

DaQui Agência Digital

Apoio Cultural:

Apoio Cultural:

banner-paroquia-nossa-senhora-gracas
encontro-matrimonio

Campanha da Fraternidade 2021

CRISTO É A PAZ: DO QUE ERA DIVIDIDO, FEZ UM unidade".