“Não nos abandonem”, clamam as almas do Purgatório

Com a indulgência do Ano de São José podemos tirar uma alma do Purgatório a cada dia
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Eu já contei essa história algumas vezes. Quando a internet começou, criaram-se lugares para trocar ideias. Eu frequentava um espaço católico. Falávamos de fé, vivências e compartilhávamos testemunhos. Certa noite – lembro que era sexta-feira – começamos a conversar, como de costume. De repente, decidi fazer uma proposta:

– O que vocês acha se cada um compartilhasse alguma história de um acontecimento que tenha impactado sua fé católica? Assim passaremos momentos memoráveis…

Todos gostaram da proposta e começaram os testemunhos. Muitos eram simples acontecimentos cotidianos. Eu, por exemplo, contei algumas histórias e experiências com meu Anjo da Guarda, que sempre me livrou de apuros.

Então chegou a vez de uma das participantes compartilhar seu testemunho.

Um testemunho impactante

Ela começou dizendo:

– Aconteceu no dia da Primeira Comunhão do meu filho. Naquele domingo, íamos à tarde para a igreja e estávamos atrasados. Ajudei meu filho a se vestir e fomos no carro do meu esposo. Durante a Eucaristia, lembrei que uma vez li que aqueles que participam da Primeira Comunhão de um familiar podem obter uma indulgência plenária, sob certas condições.A primeira é querer ganhar a indulgência. As outras são: confissão, comunhão e rezar pelas intenções do Papa.

A participante, então, continuou:

– Pedi a Deus que me desse a graça da indulgência para concedê-la a uma alma do Purgatório, aquela que estivesse mais abandonada, sem orações e necessitada da Sua misericórdia. Comunguei e, antes de sair da missa, rezei um pouco pelas intenções do Papa. No trajeto para a casa, estávamos felizes. Quando chegamos em casa, abri a porta.

A colega nos surpreendeu com um breve pausa, como se estivesse puxando o ocorrido pela memória. E continuou:

– Quando coloquei a chave na fechadura, antes de girá-la, uma suave brisa me envolveu. Fiquei curiosa porque o vento não estava soprando naquele momento. ‘De onde estava vindo aquela brisa?’, pensei. Então, ouvi muito perto do meu ouvido uma voz suave que, com clareza, me disse: ‘Obrigado!’

Indulgências no Ano de São José

Por que estou contando essa história? Porque enquanto eu arrumava algumas coisas no quarto, ouvi o Padre Santiago Martín falando sobre as indulgências que podemos ganhar no Ano de São José e as condições que o Vaticano pede para conseguir a indulgência plenária.

Com esta indulgência, podemos tirar uma alma do Purgatório a cada dia. Por isso, convido-te a fazer esta boa ação.

Marcio Brito
Marcio Brito

DaQui Agência Digital

Apoio Cultural:

banner-paroquia-nossa-senhora-gracas
encontro-matrimonio

Campanha da Fraternidade 2021

CRISTO É A PAZ: DO QUE ERA DIVIDIDO, FEZ UM unidade".