Recebemos de Deus o Espírito da Verdade

“Quando, porém, vier o Espírito da Verdade, Ele vos conduzirá à plena verdade. Pois Ele não falará por si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido; e até as coisas futuras vos anunciará” (João 16,13).
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

O Espírito, que de Deus recebemos, é o Espírito da Verdade. Vivemos em um mundo tão imerso em confusões, mentiras, coisas fakes, falsas… Muitas vezes, estamos cheios de afirmações que não são verdades, até a respeito de Deus. É preciso dizer que, muitas vezes, vejo falando ali e acolá a respeito de Deus, mas não corresponde à verdade de Deus.

Cada um leva Deus de acordo com suas convicções e interesses, e cada um faz de Deus o amuleto que quer para as suas necessidades e interesses. É uma visão do mundo, mas não é a visão do Espírito.

O Espírito é aquele quem nos conduz pela verdade, para a verdade, porque esse Espírito é da verdade. Não há como permanecer na verdade, se não permanecer no Espírito. A primeira verdade é que Deus não vem do barulho nem fala em barulhos. No meio de todas essas confusões que estamos imersos em redes sociais, no “disse me disse”, no “disse e não me disse”. Precisamos nos subtrair de tudo isso para mergulhamos na oração silenciosa e amorosa, para sermos conduzidos pela graça que freia os impulsos violentos que estão emergindo dentro de nós.

Para se falar de Deus é preciso ter o Espírito de Deus, ser conduzido e silenciado por Deus

Não é porque a pessoa fala com veemência, não é porque a pessoa fala forte, grita ou tem muitos argumentos e falácias que a verdade está nela. Não é porque a pessoa cita versículos bíblicos ou conhecimentos em línguas: grego, hebraico, aramaico; não é porque a pessoa diz que está na igreja ou na fé por tantos anos que significa que a verdade está nela.

A verdade é amorosa, traz paz, liberta, a verdade sublime é dada pela vida de intimidade com Deus. Quando você olha o testemunho de vida, a coerência, você abaixa a cabeça para Deus, para ser ouvido, conduzido, para que Ele nos arranque das amarras de mentiras que, muitas vezes, envolvem a nossa própria vida, que Ele mesmo nos arranque de tantas falácias que acostumamos a soltar aqui e acolá, para que nos arranque das verdades que criamos, alimentamos e formamos para sermos conduzidos pelo Espírito da Verdade.

Digo e afirmo que Deus nos surpreende; nos surpreendeu no passado, nos surpreende no presente e nos surpreenderá muito no futuro. Muita coisa que se diz a respeito de Deus nada tem a ver com Deus. Muita coisa que quer se falar em nome de Deus, não diz respeito a Ele.

Para se falar de Deus é preciso ter o Espírito de Deus, ser conduzido e silenciado por Deus para permanecer na comunhão com Ele.

A verdade não é a verdade de cada um, a verdade é única, a verdade que vem de Deus, por isso, é preciso deixar-se conduzir por aquele que fala não por si mesmo, mas fala daquilo que ouviu do Pai.

É preciso que Ele nos leve a não glorificarmos a nós. A primeira coisa que vejo, quando o Espírito de Deus está em alguém, é quem Ele glorifica, é a si mesmo, o seu grupo, a sua fala ou tudo o que ele faz é para a glória de Deus, para o nome de Deus e jamais para si.

Assim como João, aquele que fala a verdade desaparece para que somente Deus apareça.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo

Marcio Brito
Marcio Brito

DaQui Agência Digital

Apoio Cultural:

banner-paroquia-nossa-senhora-gracas
encontro-matrimonio

Campanha da Fraternidade 2021

CRISTO É A PAZ: DO QUE ERA DIVIDIDO, FEZ UM unidade".