Sejamos transformados pela força do amor de Deus

“Em verdade, em verdade vos digo: se pedirdes ao Pai alguma coisa em meu nome, ele vo-la dará. Até agora nada pedistes em meu nome; pedi, e recebereis; para que a vossa alegria seja completa” (João 16,23b-24).
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Como Deus quer que nos alegremos! Como Ele quer que a nossa alegria esteja n’Ele e que a alegria d’Ele esteja em nós! Mas é preciso pedir, é preciso buscar. E tudo aquilo que pedirmos a Deus, peçamos no nome de Jesus, na autoridade e na pessoa de Jesus. Que o nome de Jesus esteja em nós, em nosso coração, em nossas atitudes, esteja em tudo aquilo que realizarmos.

Tudo aquilo que buscarmos em nome de Jesus, o Pai há de nos conceder. E por que há de nos conceder? O Pai ama tanto o Filho, tem um amor singular, sem igual, único, infinito e eterno pelo Filho que tudo o que pedirmos na autoridade d’Ele, o Pai nos concede.

Do outro lado, o amor do Filho pelo Pai é tão sublime, que Ele deu a Sua vida em amor ao Pai, Ele viveu toda a sua vida, aceitou o desafio do Pai de vir a este mundo por amor, primeiro, é óbvio, pelo Pai.

Quando olhamos todo o amor que há no Pai e no Filho, esse amor do Pai e do Filho, revelado na força e no poder do Espírito Santo, estamos vendo que não há outra força que salva, liberta, cura e restaura qualquer situação do que o amor.

Que esse amor do Pai esteja em nós, esteja vertendo dentro de nós em tudo aquilo que realizarmos

Não podemos ceder à outra força a não ser a força do amor. Não há outra força em Deus restauradora, curadora e libertadora do que a força do amor. O amor que há entre o Pai e o Filho é este amor que nos é dado, amor que nos liberta, nos restaura, que realiza uma obra nova na vida de cada um de nós.

A primeira coisa que peço ao Pai no nome de Jesus: “Derrama sobre nós, meu Pai, esse amor sublime. Veste sobre nós, sobre nosso coração toda a força do amor, para que amemos uns aos outros, para que vivamos intensamente o amor, para que o amor nos guie, nos cure e nos liberte; para que vivamos o amor”.

Sejamos transformados pelo amor, para que ele seja a marca da nossa vida, porque somos filhos de um Deus que é todo amor, pois o próprio Pai nos ama. “Porque vós me amas­tes e acre­ditastes que eu vim da parte de Deus”. Cremos que Jesus veio da parte de Deus e, por isso, o Pai nos ama tanto. Que esse amor do Pai esteja em nós, esteja vertendo dentro de nós em tudo aquilo que realizarmos.

“Jesus, é em teu nome que pedimos: que permaneçamos sempre no amor do Pai, que permaneçamos em Seu amor e que amemos uns aos outros.”

Deus abençoe você!

Canção Nova

Marcio Brito
Marcio Brito

DaQui Agência Digital

Apoio Cultural:

banner-paroquia-nossa-senhora-gracas
encontro-matrimonio

Campanha da Fraternidade 2021

CRISTO É A PAZ: DO QUE ERA DIVIDIDO, FEZ UM unidade".