Covid. Catequistas mexicanos: o Espírito Santo continua soprando de modos diferentes

“Apesar do aumento dos contágios e das pessoas que procuram ficar em casa, o Espírito Santo continua soprando de modos diferentes e nós acolhemos suas inspirações. Jamais deixaremos de acompanhar nossos irmãos, porque sabemos que o Redentor tem muito a dizer, sobretudo aos abandonados que estão isolados em suas casas mexicanas”, afirma o religioso Redentorista Augustín Drauaillet, em seu testemunho de catequista em tempos de Covid-19
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Ouça a reportagem e compartilhe

“Se é verdade que o mundo está agora unido sob a mesma pandemia, os meios para enfrentá-la, contudo, assumem formas particulares em cada região. A Covid-19 também chegou ao México e não há como escapar ou negar. Embora as autoridades mexicanas tenham dito, inicialmente, que não devíamos nos alarmar com o coronavírus, a consciência civil fez com que muitos cidadãos optassem por se isolar em suas casas.”

Com essas palavras, o religioso Redentorista Agustín Cantú Drauaillet conta a Fides – agência missionária da Congregação para a Evangelização dos Povos – a sua experiência como catequista diante desta realidade pandêmica.

Missões em andamento temporariamente suspensas

“Não passou muito tempo e nossas igrejas tiveram que ficar fechadas, compartilhando da mesma situação. As missões em andamento foram temporariamente suspensas. E agora, como poderemos servir ao Redentor? Como fazer catequese?“ – continua o religioso.

“Estas perguntas ecoaram na mente de muitos Redentoristas mexicanos e receberam muitas respostas sobre como continuar anunciando o Senhor: mediante as transmissões, ao vivo, nas redes sociais, das celebrações Eucarísticas; procissões com o Santíssimo Sacramento em carros; celebração de missões juvenis, cada um em sua casa…”

Atividades contínuas nas paróquias e centros de catequese

“Algumas comunidades conseguiram ir ao encontro dos paroquianos, que pediam para se confessar, e até aos pacientes internados nos hospitais, sempre seguindo, naturalmente, as necessárias medidas de saúde. As nossas atividades não pararam nos centros de catequese e nas paróquias”.

O religioso Redentorista conclui seu testemunho de catequista com as seguintes palavras: “Apesar do aumento dos contágios e das pessoas que procuram ficar em casa, o Espírito Santo continua soprando de modos diferentes e nós acolhemos suas inspirações. Jamais deixaremos de acompanhar nossos irmãos, porque sabemos que o Redentor tem muito a dizer, sobretudo aos abandonados que estão isolados em suas casas mexicanas.”

(Fides)

Vatican News

Marcio Brito
Marcio Brito

DaQui Agência Digital

Apoio Cultural:

banner-paroquia-nossa-senhora-gracas
encontro-matrimonio

Campanha da Fraternidade 2021

CRISTO É A PAZ: DO QUE ERA DIVIDIDO, FEZ UM unidade".