São Filipe Néri

O “santo da alegria” nasceu em Florença, Itália, no ano de 1515. Pertencente a uma família rica: o pai era tabelião e a mãe faleceu cedo.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Depois de ficar órfão, recebeu um convite de seu tio para que se dedicasse aos negócios. Mas, tendo vida de oração e discernimento, ele percebeu que Deus o chamava a um outro negócio: expressar com a vida a caridade de Cristo.

Néri foi estudar em Roma. Estudou Filosofia e Teologia, deixando-se conduzir e formar pelo Espírito Santo, e mesmo antes de ser padre, visitava os lugares mais pobres de Roma. Chamou a atenção de seu confessor, que lhe pediu ajuda para fundar a Confraternidade da Santíssima Trindade, dedicada aos pobres e peregrinos doentes. Três anos depois, aos trinta e seis anos de idade, ele se consagrou sacerdote, sendo designado para a igreja de São Jerônimo da Caridade.

São Filipe disse sim para a glória de Deus e iniciou a bela obra do Oratório do Divino Amor, dedicando-se aos jovens e testemunhando sua alegria. Vivia da Divina Providência, indo aos lares dos ricos pedir pelos pobres.

Homem de oração, penitência e adoração, São Filipe Néri morreu no dia 26 de maio de 1595, partindo para o céu com 80 anos. Deixou para nós um grande testemunho: renunciar a si mesmo, tomar a cruz a cada dia e a alegria de seguir Jesus.

São Filipe Néri, rogai por nós!

Marcio Brito
Marcio Brito

DaQui Agência Digital

Apoio Cultural:

banner
INFORMATIVO
banner-paroquia-nossa-senhora-gracas
encontro-matrimonio

Campanha da Fraternidade 2021

CRISTO É A PAZ: DO QUE ERA DIVIDIDO, FEZ UM unidade".