A oração pelo fim da pandemia desta quinta-feira será na Ucrânia

Em sua fascinante viagem por alguns dos santuários mais famosos do mundo, a maratona de oração promovida pelo Papa para invocar o fim da pandemia, hoje se detém na Ucrânia, no santuário de Nossa Senhora de Zarvanytsia
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Trinta Santuários, representativos de todo o mundo, conduzem a recitação do Terço todos os dias durante o mês de maio em uma maratona de oração com o tema: “De toda a Igreja subia incessantemente a oração a Deus”, para invocar o fim da pandemia e a retomada das atividades sociais e de trabalho. Hoje dia 27 de maio, a oração do Terço será no Santuário dedicado à Mãe de Deus, Zarvanytsia, na Ucrânia, com intenção especial pelos desempregados. A oração terá início às 13 horas, horário de Brasília, e pode ser acompanhada pelas redes sociais e no site do Vatican News.

Ouça e compartilhe!

Ícone milagroso

A Basílica da Mãe de Deus ou “Zarvanytsia” Ucrânia, deve seu nome ao lugarejo onde foi encontrado o ícone milagroso, ao qual o culto local está ligado. O início de sua história data, segundo a tradição, ao século XIII, por volta de 1240, quando um monge que fugia da capital Kiev sitiado pelos mongóis, parou para beber água fresca em uma fonte e depois adormeceu. Em um sonho, a Mãe de Deus lhe apareceu e lhe pediu para colocar ali um ícone, que ele encontrou quando acordou.

O santuário e o mosteiro foram construídos pelo duque de Terebovlja, Vasylko, curado de uma grave doença depois de rezar diante da imagem sacra. A história do santuário é marcada por saques e destruições, mas o ícone, coroado em 1867 pelo Papa Pio IX, sempre foi salvo. Com a chegada do regime comunista e a supressão da Igreja Católica de rito bizantino, a efígie mariana permaneceu ciosamente escondida até que o santuário foi restaurado e renovado em 1991. Sujeita à destruição, com a paróquia reduzida a um armazém, quando a Ucrânia recuperou sua independência, a igreja foi reparada junto com o mosteiro dos Monges Studitas e sua capela dedicada à Natividade da Mãe de Deus. Durante os séculos, o santuário nunca deixou de ser o destino de peregrinações imponentes, nem mesmo em tempos de guerra.

João Paulo II e a oração a Nossa Senhora

Em junho de 2001, durante sua visita oficial à Ucrânia, o Papa João Paulo II rezou diante deste ícone. Na ocasião dedicou uma oração a Nossa Senhora de Zarvanytsia:

“Ó bem-aventurada Virgem Maria, Senhora de Zarvanytsia,
dou-te graças pelo dom de me encontrar na Rus’ de Kiev,
de onde foi espalhada em toda a região a luz do Evangelho.

Frente ao teu ícone miraculoso,
guardado nesta igreja de São Nicolau,
A Ti, Mãe de Deus e Mãe da Igreja,
confio a minha viagem apostólica à Ucrânia.

Santa Mãe de Deus,
estende o teu manto maternal sobre todos os cristãos
e sobre todos os homens e mulheres de boa vontade,
que vivem nesta grande Nação.

Guia-os para o teu Filho Jesus,
que é para todos caminho, verdade e vida”.

Jane Nogara – Vatican News

Marcio Brito
Marcio Brito

DaQui Agência Digital

Apoio Cultural:

banner-paroquia-nossa-senhora-gracas
encontro-matrimonio

Campanha da Fraternidade 2021

CRISTO É A PAZ: DO QUE ERA DIVIDIDO, FEZ UM unidade".