Sejamos presença amorosa na vida dos irmãos

“‘Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto de teu ventre!’ Como posso merecer que a mãe do meu Senhor me venha visitar?” (Lucas 1,42-43).
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

A alegria de Isabel em receber a visita de Nossa Senhora deve ser a alegria do nosso coração por sermos também visitados por Maria. Aqui não é nenhuma visita de cortesia (é claro que uma visita de cortesia é sempre bem-vinda, é uma presença), aqui é uma visita de cuidado e amor.

O que Maria foi fazer na casa de Isabel? Primeiro, ela era a portadora de Deus, porque Maria estava grávida de Jesus, ela foi levar a graça que estava nela para sua parenta Isabel. Então, todas as vezes que vamos visitar alguém, precisamos levar a presença de Deus na vida daquela pessoa.

Segundo, Maria foi cuidar e amar sua prima Isabel que estava grávida. E não é porque Maria estava grávida, porque gravidez não é doença, pelo contrário, é graça. Com essa graça ela vai cuidar, vai ser presença amorosa. Ela subiu regiões montanhosas e foi ao encontro.

Muitas vidas serão revigoradas se soubermos, com discernimento, ser presença amorosa na vida dos irmãos

Quem quer ir ao encontro do outro se esforça. Sei que estamos em época de pandemia, são tempos difíceis que vivemos, mas não podemos deixar de ser presença. Ainda mais que vivemos numa era da revolução tecnológica e digital, se não pudermos ser uma presença física e real, daqui a pouco vamos querer voltar, porque precisaremos ressignificar a importância de sermos presença na vida do outro. Use os meios e recursos que você tiver; use telefone, use tudo o que tiver, mas seja presente na vida do outro.

Neste tempo, não somos chamados a nos isolar, somos chamados a viver o distanciamento social, distanciando-nos socialmente, não nos distanciando presencialmente da vida do outro. Façamo-nos presentes e levemos a graça de Deus.

Não permitamos que ninguém morra no isolamento, fechado e trancado no seu mundo. Um telefonema, uma mensagem, um contato, qualquer forma que a sabedoria de Deus nos der, mas façamo-nos presentes na vida do outro, porque Deus se faz presente em nossa vida.

Maria, a portadora da graça, tão sublime na vivência da caridade e do amor, soube ser presença do Senhor na vida de Isabel. Ela também vem nos visitar, vem ao nosso encontro, vem nos despertar para o amor, vem nos ensinar a amar nosso Senhor no outro.

Visitemos uns aos outros, sejamos presença amorosa na vida do outro. Não nos fechemos no nosso mundo, não vivamos isolados, mas abramo-nos para ir ao encontro do outro. Muitas vidas serão revigoradas se soubermos, com discernimento, ser presença amorosa na vida dos irmãos.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo

Marcio Brito
Marcio Brito

DaQui Agência Digital

Apoio Cultural:

banner-paroquia-nossa-senhora-gracas
encontro-matrimonio

Campanha da Fraternidade 2021

CRISTO É A PAZ: DO QUE ERA DIVIDIDO, FEZ UM unidade".