Toquemos na fé operante

“Minha filhinha está nas últimas. Vem e põe as mãos sobre ela, para que ela sare e viva!” (Marcos 5,23).
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Encontramos no Evangelho de hoje duas atitudes profundas de fé em dois corações que estão sendo tomados pelas angústias da vida. Veja, não são pessoas desesperadas, são pessoas confiantes.

O primeiro deles é Jairo, chefe da sinagoga. Ele viu sua filhinha praticamente morta, então, ele foi correr atrás de Jesus e colocar-se aos Seus pés, cair aos Seus pés e pedir com insistência pela sua filha.

A oração de Jairo é a oração de tantos pais; a súplica de Jairo é a oração do pai, da mãe, do homem, da mulher que está suplicando pelos seus filhos. Sejam filhos que estão doentes por alguma doença ou enfermidade, sejam filhos que foram tomados pela maldade deste mundo, que são vítimas dos vícios deste mundo; são os filhos que estão sendo tomados pelas drogas, pelo álcool, são os filhos que estão sendo consumidos pelos prazeres deste mundo.

Tenha a fé operante, fé de buscar em Deus a luz e a solução para tudo aquilo que vivemos nesta vida

Num primeiro momento tudo é aparente, parece que tudo está bem, mas quando o pai e a mãe vão acordar vão perceber que o filho está nas últimas. São os filhos que estão ali viciados, passando horas dia e noite em jogos de computadores, são filhos movidos pelos sentimentos deste mundo.

Coloque-se aos pés de Jesus, suplique! Eu sei que muitas mães já pedem, mas é preciso que os homens, os pais sejam como Jairo, que não se preocupem em só cuidar da parte econômica e financeira da sua casa ou da sua família. Cuide dos afetos, dos sentimentos, da vida, da educação para que seu filho não caia nas últimas por falta de amor e cuidado.

Se chegou a esta situação, implore de Jesus a cura e a libertação, deixe as ocupações, o cargo que você tenha. Jairo era importante, era chefe da sinagoga. O que adianta sermos chefes se não conseguimos mandar na própria vida dos nossos filhos? Mandar não é ser o mandatário, mas é saber dar aquilo que o filho precisa.

Por outro lado, essa mulher que sofria há doze anos, tomada por uma hemorragia, vivia afastada. Ela passa por cima de uma multidão que segue Jesus, mas não toca na fé, não toca verdadeiramente na graça, e essa mulher se derrama diante de Jesus e por Ele é curada, porque a sua fé a curou.

Tenha fé, mas fé operante, de confiança, de se derramar, fé de buscar em Deus a luz e a solução para tudo aquilo que vivemos nesta vida.

Deus abençoe você!

https://youtu.be/Gi25QDSxFuc

Padre Roger Araújo

Marcio Brito
Marcio Brito

DaQui Agência Digital

Apoio Cultural:

banner-paroquia-nossa-senhora-gracas
encontro-matrimonio

Campanha da Fraternidade 2021

CRISTO É A PAZ: DO QUE ERA DIVIDIDO, FEZ UM unidade".