Pela via da humildade, tocamos na graça de Deus

“Eu te louvo, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste estas coisas aos sábios e entendidos e as revelaste aos pequeninos” (Mateus 11,25).
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

O coração de Jesus exulta no louvor e na gratidão ao Pai, no reconhecimento da grandeza de Deus, que revela o Seu amor e a Sua bondade às almas pequenas e humildes. Que beleza, meus irmãos, é saber que a Palavra de Deus chega ao nosso coração quando nos abrimos pela via da humildade!

Os orgulhosos e os soberbos não tocam na graça de Deus, não porque sejam excluídos por Ele — Ele não exclui ninguém –, mas porque, na verdade, todo orgulho e toda soberba são barreiras para que a graça de Deus penetre, para que a graça de Deus entre. Então, abramos o nosso coração, primeiro, para conquistar a humildade da verdade, e a verdade na humildade, pois é só com ela que tocamos na verdade de Deus.

Se continuarmos tão orgulhosos como somos, a verdade será sempre a nossa, nós é que sabemos das coisas, nós é que temos razão. Chateamo-nos com qualquer situação porque as coisas não estão do nosso jeito.

A Palavra de Deus chega ao nosso coração quando nos abrimos pela via da humildade

O humilde sabe colocar-se no último lugar, o humilde sabe apreciar as coisas pequenas, o humilde não procura se elevar, engrandecer-se, exaltar-se, mas ele sabe rebaixar-se, retirar-se, fazer-se pequeno; e onde ele se faz pequeno, ali Deus se faz presente, ali a graça de Deus se revela.

Deus cuida dos corações humildes. Foi assim que Maria cantou e exultou, que Deus derruba os soberbos e exalta os corações humildes. E é pelos corações humildes e pequenos que Jesus, hoje, está louvando e bendizendo ao Pai.

Os tesouros do coração de Deus estão ao nosso dispor, mas é preciso que, no amor, o coração se converta, seja lapidado e mergulhado no amor misericordioso de Jesus, para que esse coração se torne humilde, para que seja queimado do meio de nós e dos nossos sentimentos todas as vaidades, todo esse orgulho que faz de nós pessoas prepotentes.

Nós não suportamos ser contrariados, chateados, porque o orgulho se fere com facilidade. O orgulhoso não perdoa, o humilde está sempre se reconciliando, renovando-se e procurando viver a reconciliação com os seus irmãos.

Deus quer cuidar de nós, Ele quer permanecer no meio de nós. Deus quer cuidar do nosso coração. Precisamos deixar que a chama da humildade acenda a chama fervorosa da graça de Deus no coração de cada um de nós.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo

 

Marcio Brito
Marcio Brito

DaQui Agência Digital

Apoio Cultural:

banner-paroquia-nossa-senhora-gracas
encontro-matrimonio

Campanha da Fraternidade 2021

CRISTO É A PAZ: DO QUE ERA DIVIDIDO, FEZ UM unidade".