Encontramos em Deus o descanso para as nossas fadigas

“Vinde a mim todos vós que estais cansados e fatigados sob o peso dos vossos fardos, e eu vos darei descanso” (Mateus 11,28).
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

A vida não fadiga, todos nós experimentamos o cansaço da vida. Quando olhamos para as nossas responsabilidades, para todas as situações da vida, quando nos deparamos com os embates do dia a dia, quando lidamos com as decepções, com as coisas que não se resolvem. Quando olhamos ao nosso lado e as coisas não estão andando como nós, muitas vezes, queríamos que tivesse andando.

A vida nos fadiga porque estamos sempre correndo e parece que nunca chegamos. A vida nos fadiga porque nós facilmente nos decepcionamos, nos machucamos, nos magoamos. A vida nos fadiga porque parece que as coisas não acontecem do jeito que queremos. A vida nos fadiga porque parece que somos insaciáveis, não estamos satisfeitos com nada, parece que nada é bom.

O descanso é o se refazer, é o recriar; o descanso é ser sempre renovado por Deus

A vida nos fadiga porque nos esforçamos, nós até corremos, mas nos cansamos da labuta, nos cansamos de olhar; e parece que as coisas estão sempre do mesmo jeito, quando não piores. E assim vamos experimentando a fadiga do dia a dia.

Viver é fadigar, é lutar; viver é correr atrás, é cumprir nossas obrigações e responsabilidades. Viver é saber conviver com pessoas diferentes, com temperamentos, muitas vezes, desequilibrados, como o nosso. Viver é saber lidar com o nosso próprio interior que, às vezes, está descompensado, está cansado. Viver é se relacionar com todas as situações que a vida nos impõe, por isso, nos encontramos muitas vezes assim: cansados sobre o peso dos nossos fardos, e tudo que nós precisamos é do descanso.

A palavra “descanso” é tão sagrada para Deus que Ele, mesmo na narrativa mais bela da criação de todas as coisas, parece que se fatigou, porque, no sétimo dia, descansou e fez do descanso um repouso sagrado, lugar de se revigorar, de se refazer. Mais do que um dia de descanso, nós, muitas vezes, não sabemos o que é descansar, porque descansar é, na verdade, se revigorar, é sermos recriados e refeitos.

Quando continuamos sendo a mesma pessoa, quando continuamos a ter as mesmas atitudes, quando tratamos as coisas com a mesma grosseria de sempre, é sinal de que não estamos descansados porque não estamos refeitos. Quando não refazemos as nossas próprias atitudes, quando não repensamos os nossos próprios caminhos, mas tudo caminha do mesmo jeito, é porque o homem não está sendo refeito, a estrada não tá sendo reconstruída.

O descanso é o se refazer, é o recriar; o descanso é ser sempre renovado por Deus, e é por isso que Ele está dizendo: “Vinde a mim e eu vos darei descanso”. Ele vai nos refazer, vai nos dar sempre o Seu jugo. E o lugar de Deus nos refazer e nos remodelar é no Seu coração, na mansidão e na humildade, porque só na mansidão e humildade é que nós refreamos os impulsos descontrolados do coração, refreamos os pensamentos e devaneios da mente para em Deus nos refazermos.

Vinde todos nós ao coração de Jesus, para encontrarmos o descanso das fadigas da vida.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo

 

Marcio Brito
Marcio Brito

DaQui Agência Digital

Apoio Cultural:

banner-paroquia-nossa-senhora-gracas
encontro-matrimonio

Campanha da Fraternidade 2021

CRISTO É A PAZ: DO QUE ERA DIVIDIDO, FEZ UM unidade".