Sejamos verdadeiros discípulos de Jesus

“Pois todo aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe” (Mateus 12,50).
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

A graça de sermos discípulos de Jesus é fazermos parte da família d’Ele. O que nos torna familiares com Jesus não é se nós fizermos parte da Sua família consanguínea, é muito mais sublime. Porque, quando estão dizendo para Jesus que sua mãe e seus irmãos estão lá fora e querem falar com Ele, o questionamento de Jesus é para quem lhe faz a questão: “Quem é minha mãe? Quem são meus irmãos? Entendam agora: a minha missão é todo aquele que faz a vontade de Deus”. É todo aquele que leva Deus a sério, é todo aquele que entra de verdade na família de Deus, porque Jesus é Deus.

É preciso dizer isso porque é verdade que muitos parentes e familiares não acolheram a Jesus, se colocaram apenas como espectadores e não como seguidores. Perceba que aqui há uma profunda diferença: o espectador é aquele que vive na expectativa do que vê, do que vai ser, do olha lá. O espectador é aquele que não se compromete, mas o discípulo é aquele que segue, é aquele que põe a mão no arado. O discípulo é aquele que ouve e pratica o que ouve, o discípulo é aquele que se torna seguidor do Mestre Jesus.

Não posso ser um mero espectador, mas preciso ser, verdadeiramente, um discípulo de nosso Senhor

Por isso, não basta dizer que conhecemos a Jesus, que participamos da Igreja, que temos essa ou aquela função, que nascemos dentro da Igreja. Isso para Jesus não diz nada, diz para nossa mania humana ou para as nossas expectativas humanas que, muitas vezes, nos baseamos em títulos, em cargos, ocupações e assim por diante.

A única biografia que interessa ao coração de Deus é daquele que se converteu com o que ouviu e colocou em prática a Sua Palavra. Pode ser que você não tenha sido um grande pecador na vida, pode ser que você nunca tenha feito as maldades que muitos fizeram de outrora, mas se você não for como aquele ladrão aos pés da cruz, que ouviu a Palavra de Jesus e ali se converteu. Mas, nós não! Passamos o tempo todo na casa de Deus como meros espectadores, julgadores do mundo, e não nos convertemos cada dia ao Evangelho.

Seguidor de Jesus é aquele que ouve a Palavra de Deus e a deixa cair no seu coração para que ela produza conversão. Eu preciso me converter hoje, preciso me abrir para a graça de Deus hoje. Não posso ser um mero espectador, mas preciso ser, verdadeiramente, um discípulo de nosso Senhor.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo

Marcio Brito
Marcio Brito

DaQui Agência Digital

Apoio Cultural:

banner-paroquia-nossa-senhora-gracas
encontro-matrimonio

Campanha da Fraternidade 2021

CRISTO É A PAZ: DO QUE ERA DIVIDIDO, FEZ UM unidade".