Jesus é o único que dá sentido à nossa vida

“No primeiro dia da semana, Maria Madalena foi ao túmulo de Jesus, bem de madrugada, quando ainda estava escuro, e viu que a pedra tinha sido retirada do túmulo” (João 20,1).
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Maria Madalena é a primeira discípula do Ressuscitado, é a primeira que se encontra com o Ressuscitado. Maria Madalena é a grande testemunha da Ressurreição de Jesus.

Veja os fatos: ela vai ao túmulo bem de madrugada quando ainda estava escuro, remete à própria vida dela, porque, na vida, ela experimentou uma grande escuridão, ela viveu períodos muito obscuros na vida. Não posso dizer ou afirmar com detalhes que ,vida Maria Madalena, Maria de Magdala, levou.

O que a Palavra nos diz é que Jesus transformou sua vida, pois dela foram expulsos sete demônios. Não vou demonizar, querer acusá-la ou denominá-la, como se ela tivesse sido; alguns dizem que ela foi prostituta. Não é isso que a Palavra de Deus nos diz, o que a Palavra nos diz é que sete demônios estavam sobre ela, é a totalidade dos pecados, podem ser os sete pecados capitais. Enfim, o fato é que era uma alma que vivia na escuridão do pecado.

O sentido da nossa vida não é a vida terrena somente, Jesus é o sentido eterno e pleno da nossa vida

Jesus, a luz do mundo, chegou para iluminar a sua vida e o seu coração, e desde que a luz de Jesus penetrou a sua vida, Madalena não foi mais a mesma, ela foi uma mulher transformada pela luz, que é Jesus. E, desde então, ela saiu da escuridão e passou a caminhar sempre na luz de Jesus. Maria Madalena nunca mais largou Jesus, nunca mais deixou de segui-Lo, amá-Lo e voltar para Ele todo o seu coração. Aquele que tirou a escuridão da sua vida passou a ser a luz e a razão da sua existência.

Quantas trevas vivem no nosso coração, quantas escuridões tomam conta da nossa alma ou quantas vezes a nossa alma vive na escuridão do pecado, do mal, do erro e da ignorância. Jesus é Luz e o Ressuscitado, assim como foi luz no coração e na vida de Madalena, quer ser luz também para a nossa vida.

Você imagina ela ainda naquela madrugada do sábado para cuidar do corpo do Senhor, para cuidar do corpo d’Aquele que lhe deu a vida, aquele que deu sentido para a sua vida. Ela ainda atravessava a escuridão da madrugada quando chegou ao túmulo, imagine no primeiro momento, o susto que ela tomou por não encontrar o seu Senhor ali.

Maria Madalena não sabia mais viver sem Jesus porque Ele deu razão e sentido para a sua vida. Nenhum outro dará razão e sentido profundo à sua vida a não ser Jesus.

Às vezes, colocamos a razão e o sentido da nossa vida em pessoas, em coisas, em funções, em trabalhos. Precisamos do trabalho, precisamos nessa vida viver, ter amigos, parentes, pais e ter paz. Na nossa vida precisamos uns dos outros, mas ninguém traz luz e sentido para a nossa vida como Jesus.

O sentido da nossa vida não é a vida terrena somente, Jesus é o sentido eterno e pleno da nossa vida. Não vamos nos encontrar com Jesus depois que morrermos, porque Jesus veio ao nosso encontro na nossa vida para que a nossa vida aqui tenha sentido; e já um sentido e um sabor eterno. Foi esse sentido que Maria Madalena encontrou, é assim que Deus também quer que nos encontremos com Ele; e Ele se torne a razão e o sentido do nosso viver.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo

 

Marcio Brito
Marcio Brito

DaQui Agência Digital

Apoio Cultural:

banner-paroquia-nossa-senhora-gracas
encontro-matrimonio

Campanha da Fraternidade 2021

CRISTO É A PAZ: DO QUE ERA DIVIDIDO, FEZ UM unidade".