Perdão de Assis, voltar para casa e sentir o abraço de um Pai

A Solenidade do Perdão é celebrada em Assis nos dias 1 e 2 de agosto. Os fiéis que vão à Porciúncula, dentro da Basílica Santa Maria dos Anjos, ou a qualquer igreja franciscana do mundo, poderão obter a Indulgência Plenária. Todas as celebrações em Assis também podem ser acompanhadas via streaming. “O perdão é o abraço do Pai em cada filho”, explica Pe. Francesco Piloni, Ministro Provincial dos Frades Menores da Úmbria e da Sardenha.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Ouça e compartilhe!

“Peço-Te para que todos aqueles que, arrependidos e confessados, visitarem esta igreja, obtenham o perdão amplo e generoso, com a remissão completa de todos as culpas”.

Foi um pedido quase ousado aquele que São Francisco fez diretamente ao Senhor, que lhe apareceu numa noite de 1216 enquanto ele estava mergulhado em oração na Porciúncula. Segundo fontes franciscanas, ele se viu repentinamente cercado por um faixo de luz.

O Senhor então concedeu essa graça a Francisco que foi imediatamente ao Papa Honório III para obter a indulgência e em 2 de agosto de 1216, diante de uma grande multidão, na presença dos bispos da Úmbria, promulgou o Grande Perdão.

Francisco, naquele dia de agosto, disse às pessoas abrigadas à sombra dos carvalhos: “Irmãos, quero enviar-vos todos ao Paraíso e anuncio uma graça que obtive da boca do Sumo Pontífice”.

A indulgência do Perdão

Aquele distante dia de verão marca assim o nascimento do tesouro da Porciúncula: a Indulgência do Perdão que pode ser pedida para si ou pelos falecidos. Para obtê-la, é necessária a Confissão, a participação na Missa e a Comunhão, a renovação durante a visita à igreja da própria profissão de fé recitando o Credo e o Pai Nosso e, por fim, a oração segundo as intenções do Papa e pelo Papa.

Das 12 horas de 1º de agosto até às 24 horas de 2 de agosto, a Indulgência Plenária concedida à Porciúncula todos os dias se estende a todas as igrejas paroquiais do mundo e também a todas as igrejas franciscanas.

O programa das celebrações

Ao final de um Tríduo preparatório, a Solenidade do Perdão foi aberta às 11 horas deste domingo. O recém-eleito Ministro geral da Ordem dos Frades Menores presidiu a Solene Celebração Eucarística que se encerrar com a procissão da “Abertura do Perdão”. A partir de então, a Indulgência Plenária passa a ser concedida.

Na segunda-feira, às 11h30, o Penitenciário-Mor do Tribunal da Penitenciária Apostólica, cardeal Mauro Piacenza, presidirá uma solene celebração. Já às 19 horas, as segundas Vésperas da Solenidade do Perdão serão presididas pelo Ministro Provincial dos Frades Menores da Úmbria e da Sardenha, Pe. Francesco Piloni. Por fim, às 20 horas, ao vivo da Porciúncula, está programada a Vigília dos Jovens.

Será possível acompanhar ao vivo todos os principais acontecimentos pela WebTV da Porciúncula e pelas redes sociais dos Frades.

Perdão: o caminho de retorno no abraço do Pai

“O perdão de Assis é um “super” dom que Francisco quis oferecer a cada pessoa, de cada época e lugar. Um retorno à uma relação com Deus, explica Pe. Francesco Piloni. Em uma noite conturbada, o Santo sentiu que cada pessoa é esperada e desejada por Deus, que cuida da pessoa, deixando nela uma saudade de casa: a relação com Ele. O perdão é voltar para casa, sentir o abraço de um Pai que desde sempre nos acompanhou”.

Padre Francesco Piloni, explicou ao Vatican News o significado da palavra perdão, em particular neste ano:

O perdão é, acima de tudo, aquele a ser dado a nós mesmos, pelo tempo vivido mal, pela pressa e pelas oportunidades perdidas. Frequentemente percebemos a bondade de uma coisa quando a perdemos, quando ela não existe mais. E é muito triste viver de oportunidades perdidas. Perdoar-nos por aquilo que negligenciamos ou vivenciamos de maneira superficial e também perdoar a forma como tratamos a Criação, falando em ecologia integral. Ou a não acolhida com que tratamos quem é diferente de nós, tendo em vista que se as diferenças podem gerar conflitos, mas a uniformidade gera asfixia, então é mais bonito enfrentar e buscar juntos o valor de um encontro.

Como vocês se prepararam para viver esta grande e solene festa do Perdão?

Além das habituais iniciativas que propomos todos os anos, criamos um novo site www.perdonodiassisi.org que permite não só acompanhar ao vivo todas as celebrações, mas também enviar pedidos de oração. Neste período assim difícil, percebemos que muitas pessoas nos pediram para serem amparadas com orações de intercessão. Portanto, é possível enviar pedidos de oração e receber ou dar um santinho personalizado com o próprio nome. Doações também podem ser feitas para apoiar as iniciativas da basílica. É, portanto, um instrumento a mais para oferecer a muitas pessoas em todo o mundo este lugar de graça que custodiamos, mas que pertence a cada pessoa que deseja o perdão: aquele retorno para casa nos braços do Pai em uma reconciliação que fala de beleza de ser filhos e irmãos.

Marina Tomarro – Cidade do Vaticano

Marcio Brito
Marcio Brito

DaQui Agência Digital

Apoio Cultural:

banner
INFORMATIVO
banner-paroquia-nossa-senhora-gracas
encontro-matrimonio

Campanha da Fraternidade 2021

CRISTO É A PAZ: DO QUE ERA DIVIDIDO, FEZ UM unidade".