Os medos criam fantasmas em nossa vida

“Quando os discípulos o avistaram, andando sobre o mar, ficaram apavorados, e disseram: ‘É um fantasma’. E gritaram de medo. Jesus, porém, logo lhes disse: ‘Coragem! Sou eu. Não tenhais medo!’” (Mateus 14,26-27).
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Andamos nas ondas agitadas da vida, andamos no barco da vida e as ondas se agitam, o mar se torna revolto, as situações contrárias e contraditórias vêm ao nosso encontro e, quando olhamos para dentro do nosso coração, a agitação cresce. São tantas coisas guardadas e acumuladas que estão se agitando dentro de nós, estão se agitando dentro da nossa vida.

Então, uma vez que a barca está em alto mar, a barca é agitada pelas ondas e o vento contrário vem ao nosso encontro, e onde está Jesus? Está na calmaria, na sobriedade, na serenidade da alma e do coração, mas Jesus não se importa com aquilo que nós estamos passando, vivendo e enfrentando? É claro que Ele se importa e, por isso, Ele nos ensina como devemos nos comportar em meio a essas situações todas.

Quando os mares da vida se agitam, não podemos deixar que o nosso interior se agite, que o nosso interior seja levado por essas ondas, não podemos cair na mesma onda e é por isso que, antes de subir na barca, Jesus subiu ao monte para orar a sós, para estar na comunhão com o Pai, para estar envolto pela graça do Pai.

Que sejam vencidos todos os fantasmas dos medos que estamos acumulando em nosso coração

Precisamos cuidar de nós, precisamos cuidar do nosso coração e do nosso ser, porque as ondas agitadas deste mundo estão nos assustando, nos amedrontando e por isso o nosso coração está se enchendo de medo, de pavor e estamos criando fantasmas e fantasias. Melhor ainda, os fantasmas e as fantasias estão se tornando corpo em nossa vida, frutos do medo, da falta de fé, da fé ingênua, fruto da falta de cultivo de uma relação autêntica com Deus, falta de uma oração onde nós realmente nos jogamos em Deus.

As coisas se agitam dentro de nós, confundimos até Jesus, como os discípulos confundiram. Ficaram tão apavorados que viram Jesus e acharam que Ele era um fantasma. É Jesus que está nos dizendo no fundo da nossa alma: “Coragem! Sou eu. Não tenhais medo”.

Coragem, meu irmão! Coragem, minha filha! O Senhor está no meio de nós, o Senhor está entre nós e Ele não é um fantasma. Ele é o Filho único e verdadeiro de Deus, verdadeiramente Ele é o Filho de Deus, como eles depois proclamaram.

Proclamemos que Jesus é o Filho de Deus, proclamemos o senhorio d’Ele, nos prostremos na presença de Jesus e que sejam vencidos todos os fantasmas dos medos que estamos acumulando em nosso coração.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo

 

Marcio Brito
Marcio Brito

DaQui Agência Digital

Apoio Cultural:

banner
INFORMATIVO
banner-paroquia-nossa-senhora-gracas
encontro-matrimonio

Campanha da Fraternidade 2021

CRISTO É A PAZ: DO QUE ERA DIVIDIDO, FEZ UM unidade".