Santo Osvaldo de Nortúmbria

Osvaldo nasceu no ano de 604, em Nortúmbria, futura Inglaterra. Seu pai era o rei pagão Etelfrit e sua mãe a princesa Acha. No ano de 616, o reino foi invadido e seu pai morreu na batalha contra o rei Edin, que assumiu o trono e depois fundou a cidade de Edimburgo.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

A princesa Acha com seus onze filhos precisaram fugir para a Corte do rei da Escócia, onde se converteram à uma vida nova. Entregues aos cuidados dos beneditinos do Mosteiro de Iona, as crianças receberam uma formação acadêmica e religiosa muito sólida, adequada ao seguimento de Cristo.

Osvaldo destacava-se entre seus irmãos pelo porte físico, a inteligência e a caridade cristã. Era bom, generoso e não distinguia ricos e pobres. Foi treinado pelo pequeno mas potente exército do rei da Escócia, que por ele tinha muita estima. Tinha um falcão de estimação, que o obedecia e sempre pousava em sua mão.

Com a morte do rei Edin, em 633, Osvaldo formou seu exército, pequeno, mas eficaz. Venceu a batalha de Havenfield, em 634. Assumiu o trono como legítimo rei de Nortúmbria. Fatos históricos contam que, antes do combate, ele teve uma visão onde São Columbano o orientava a rezar junto com seus soldados antes de partirem para o combate. Obedecendo a visão, mandou erguer uma grande cruz no centro do campo onde estavam e ajoelharam-se diante dela. Prostrados, com fé e humildade, pediram a Deus proteção para seu povo atacado pelos inimigos.

Depois de coroado, todo o exército converteu-se. Osvaldo construiu igrejas, mosteiros, cemitérios, hospitais, asilos e creches; distribuiu riquezas e promoveu a prosperidade ao povo.

Casou-se com a princesa Cineburga, filha do rei pagão de Wessex, hoje também Inglaterra. Convenceu o sogro a permitir uma missão evangelizadora de monges escoceses em seu reino, que acabaram convertendo o rei também.

Morreu em combate em 642, defendendo o seu povo de invasores pagãos. Depois, o venerável Beda, monge famoso pela santidade e sabedoria na doutrina, reivindicou o título de mártir a santo Osvaldo da Nortúmbria, por ter morrido em combate contra os pagãos.

Santo Osvaldo de Nortúmbria, rogai por nós!

Marcio Brito
Marcio Brito

DaQui Agência Digital

Apoio Cultural:

banner
INFORMATIVO
banner-paroquia-nossa-senhora-gracas
encontro-matrimonio

Campanha da Fraternidade 2021

CRISTO É A PAZ: DO QUE ERA DIVIDIDO, FEZ UM unidade".