Jesus é o pão que sacia a nossa fome

“Quem comer deste pão viverá eternamente. E o pão que eu darei é a minha carne dada para a vida do mundo” (João 6,51).
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Nós, de uma cultura ocidental, temos uma tendência carnívora para nos alimentar. Nossos churrascos, nossos alimentos de cada dia mostram como a carne faz parte da nossa alimentação. Mas independente de qual seja a fonte de nutrientes para nos saciarmos a cada dia, independente de qual seja a dieta, a forma de alimentação que usamos, o que precisamos é nos alimentar bem. Precisamos mesmo cuidar da nossa saúde e procurar viver uma nutrição sadia. Não é deixar de comer; é comer bem, é comer corretamente.

Há uma sede maior, uma fome maior que precisamos cuidar. Não adianta trabalhar só para o pão do cotidiano, não adianta trabalhar somente para termos em casa pão com fartura, comida com fartura porque, às vezes, olhamos para certas casas e as despensas estão cheias, as geladeiras estão repletas, têm tudo quanto é tipo de coisa ali para comer, tem alimento para saciar a fome da madrugada, da manhã, da noite… E parece que o ser humano quanto mais come, mais fome tem, porque nunca está satisfeito, nunca está saciado com o que tem. Vemos que parece que o problema de saúde era falta de alimento, alguns perecem porque não têm o que comer, mas outra humanidade perece porque come demais, come o que não sacia.

A nossa fome só quem pode saciar é Jesus, Ele é o pão da vida

O que nós precisamos olhar, com toda a certeza, é que há uma fome maior na alma, no espírito e no nosso coração, é a fome da plenitude, é a fome da realização plena, é a fome de eternidade, e ninguém pode preencher essa fome. Até podemos recorrer a tantas outras coisas, como as pessoas têm recorrido, há soluções fáceis e mágicas, há propagandas que conduzem: “Eu tenho uma resposta. Tenho uma solução para a sua vida”.

Há cursos com promessas mirabolantes, há pessoas com coisas excitantes: “Eu tenho uma fórmula para resolver a sua vida”, “Eu tenho uma fórmula da felicidade”, tem livros, tem cursos, tem gurus, enfim, mas nada disso resolve. A humanidade carece e padece, e a nossa humanidade está padecendo, está carecendo.

A nossa fome só quem pode saciar é Jesus; Ele é o pão da vida, Ele é o pão que não só nos sacia, mas dá a vida para nossa vida. Se estamos perdendo o sentido e o gosto pela vida, não estamos nos saciando de Jesus, não estamos nos preenchendo de Jesus, não estamos nos alimentando d’Ele, não estamos permitindo que Ele seja o nosso alimento de cada dia, ou talvez nos alimentemos de Jesus quando sobra um tempinho. Mas, na verdade, estamos nos preenchendo com outros alimentos que, no final, só nos deixam mais vazios e não nos preenchem, não nos saciam nem nos dão o sentido pleno da vida.

O pão que eu darei é a minha carne, é essa carne que a nossa carne precisa, é a carne de Jesus, é o sangue de Jesus. Por isso, voltemo-nos para Jesus Palavra, para Jesus Eucaristia, para Jesus o Senhor da vida, para d’Ele nos saciarmos, porque só Ele pode dar sentido pleno a nossa vida e a nossa existência.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo

 

Marcio Brito
Marcio Brito

DaQui Agência Digital

Apoio Cultural:

banner
INFORMATIVO
banner-paroquia-nossa-senhora-gracas
encontro-matrimonio

Campanha da Fraternidade 2021

CRISTO É A PAZ: DO QUE ERA DIVIDIDO, FEZ UM unidade".