Polônia: 26 de agosto, Solenidade de Nossa Senhora de Czestochowa

Por ocasião da Solenidade de Nossa Senhora de Czestochowa, os símbolos da Jornada Mundial da Juventude, a cruz e o ícone de Nossa Senhora Salus Populi Romani, chegaram a Jasna Góra. A peregrinação dos símbolos da JMJ é uma forma de preparação espiritual para o encontro dos jovens com o Papa, em Lisboa, daqui a dois anos.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

O primaz da Polônia, dom Wojciech Polak, celebra nesta quinta-feira 26 de agosto, Solenidade de Nossa Senhora de Czestochowa, a missa com indulgência, com os representantes da Conferência Episcopal Polonesa. Tradicionalmente, recorda o site do Episcopado polonês, durante a celebração eucarística são renovados os votos da nação a Jasna Góra.

Ouça e compartilhe

A celebração deste ano insere-se nos preparativos para a beatificação do cardeal Stefan Wyszyński. Na última quarta-feira, às 11h30 locais, nos novos salões do Bastião São Roque, foi inaugurada uma mostra dedicada a ele, onde foram expostos objetos como o traje milenar que embeleza a Imagem Milagrosa de Nossa Senhora, testemunha dos acontecimentos de 1966, coroas milenares, casulas do Primaz, solidéu e barrete do cardeal, postais e fotografias manuscritas.

Na noite da última quarta-feira, às 21h locais, houve um concerto ao ar livre da Orquestra Filarmônica de Silésia, em Katowice, coro e orquestra. É a história de uma vida doada a Deus através de Maria por amor, sob a forma de uma canção oração. O libreto foi escrito pelo pe. Tadeusz Golecki e a música composta por dois músicos de Cracóvia: Hubert Kowalski e Piotr Pałka. A entrada no concerto foi gratuita. Muitos peregrinos vieram de várias partes do país para participarem do evento.

Por ocasião da Solenidade de Nossa Senhora de Czestochowa, os símbolos da Jornada Mundial da Juventude, a cruz e o ícone de Nossa Senhora Salus Populi Romani, chegaram a Jasna Góra. A peregrinação dos símbolos da JMJ é uma forma de preparação espiritual para o encontro dos jovens com o Papa em Lisboa, daqui a dois anos. “Para nós poloneses é também uma reflexão e um retorno à Jornada Mundial da Juventude de 30 anos atrás em Jasna Gora e de cinco anos atrás em Cracóvia. Esses símbolos nos lembram que Cristo é o único Salvador de cada pessoa e que Maria é Mãe de todos os fiéis”, disse o pe. Adam Polak, diretor da Pastoral Juvenil de Czestochowa.

Vatican News Service – RB/MJ

 

Marcio Brito
Marcio Brito

DaQui Agência Digital

Apoio Cultural:

banner
INFORMATIVO
banner-paroquia-nossa-senhora-gracas
encontro-matrimonio

Campanha da Fraternidade 2021

CRISTO É A PAZ: DO QUE ERA DIVIDIDO, FEZ UM unidade".