Sejamos prudentes em todas as nossas ações

“Qual é o empregado fiel e prudente, que o senhor colocou como responsável pelos demais empregados, para lhes dar alimento na hora certa?” (Mateus 24,45).
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Meus irmãos e minhas irmãs, não sabemos em que dia o Senhor virá, em outras palavras, não sabemos nem o dia que nós iremos morrer, partir desta vida. Nós iremos ao encontro do Senhor que vem ao nosso encontro.

Não sabemos nem podemos perder tempo com isso, nós temos que ganhar tempo cuidando bem da nossa vida e administrando-a a cada dia, como se cada dia fosse o primeiro e o último da nossa vida. Temos que viver cada momento com intensidade e responsabilidade, porque o empregado irresponsável e imprudente é o pior empregado, é aquele que está lá para cuidar da casa, mas ele a bagunça, faz o que pode e diz assim: “Não se preocupe, que o patrão vem só no final do dia”, “No final do dia, damos um jeito e deixamos tudo em ordem”.

E se esse patrão chega na hora que o empregado não espera e encontra aquela baderna na sua casa? Que tristeza, que desapontamento, que descontentamento é você ter um empregado não só imprudente, mas incoerente! É o empregado traidor, ou seja, ele só faz as coisas para o patrão ver, sabendo que ele vai chegar. Não podemos levar a vida dessa forma.

Eu sei que alguns estão deixando para se converter no final da vida, mas o final da vida pode ser hoje. Alguns estão deixando para se confessar quando estiverem próximos de morrer, outros estão deixando… “Vou deixar de fazer esse pecado, esse erro mais para o final da vida”. Não, meus irmãos, o final da vida é sempre hoje! É assim que se pensa, é assim que vive o bom empregado.

Sermos prudentes é cuidarmos da vida agora, é estarmos preparados agora

O bom empregado é aquele que é fiel, é aquele que é prudente. Então, temos que ser o cristão fiel e prudente. Não basta sermos cristãos se não vivermos a fidelidade e a prudência da vida. Fidelidade a Deus em toda hora e a todo momento, fidelidade para com o Senhor apesar das nossas fraquezas e debilidades; levantar-se e não viver na hipocrisia, não viver na lama, mas viver a vigilância nos atos, nas atitudes, em tudo aquilo que fazemos.

Sermos prudentes é cuidarmos da vida agora, é estarmos preparados agora, cuidarmos do que temos que cuidar agora, e não deixarmos a vida bagunçar, não levar a vida de qualquer jeito.

Imagina se eu for visitar a sua casa agora, a esta hora: “O padre chegou… Desculpa, não estamos com a casa preparada”. Esteja, ao acordar, ao ir dormir.

Eu sempre digo que uma pessoa vive a vigilância da prudência quando a primeira atitude que ela faz ao levantar-se — além de rezar, é claro! — é dobrar a própria coberta da cama que ele dormiu. Quem não cuida, não dobra sua coberta logo cedo, não vai ordenar a vida durante o dia.

A vida, a casa, o quarto vai estar o dia todo bagunçado. “No final do dia, eu arrumo”. Se você não arrumou nem a sua cama, como é que vai arrumar o resto do coração e da vida? Então, comecemos cedo a colocar a casa em ordem, a vida em ordem, porque o Senhor pode vir de manhã, à tarde, ao meio-dia, não importa a hora, importa é que estejamos preparados.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo

 

Marcio Brito
Marcio Brito

DaQui Agência Digital

Apoio Cultural:

banner
INFORMATIVO
banner-paroquia-nossa-senhora-gracas
encontro-matrimonio

Campanha da Fraternidade 2021

CRISTO É A PAZ: DO QUE ERA DIVIDIDO, FEZ UM unidade".