Nossa Senhora de La Vang, a desconhecida padroeira do Vietnã

"Quem vier até aqui para invocar o meu nome terá suas preces aceitas e será abençoado"
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Nossa Senhora de La Vang é a desconhecida padroeira do Vietnã – pelo menos para a maioria dos ocidentais, muitos dos quais ainda não ouviram falar dessa devoção mariana.

Era o ano de 1798 quando a Santíssima Virgem apareceu na selva de La Vang para consolar e encorajar os fiéis católicos perseguidos pelo governo. Famintos e sedentos, os refugiados reunidos sob uma grande árvore confiavam a ela as suas angústias e provações, oferecendo-lhe a oração do Santo Rosário. Ao lhes aparecer, ela apontando para folhas medicinais ali próximas, um auxílio para tratar das suas enfermidades físicas. Antes de se despedir, afirmou:

“De hoje em diante, quem vier até aqui para invocar o meu nome terá suas preces aceitas e será abençoado”.

Os fiéis católicos do Vietnã celebram ali, desde então, a sua devoção mariana. Todos os anos, um grande número deles vai ao santuário hoje existente na província de Quang Tri para venerar a Mãe de Deus. Trata-se do maior santuário dedicado a Maria não apenas no Vietnã, mas em toda a região da assim chamada Indochina.

Uma das recorrências anuais mais solenes para o santuário é a festa da Assunção de Nossa Senhora, quando peregrinos do país inteiro vão até La Vang para participar das Missas e Rosários.

Neste mês de agosto, porém, a pandemia de covid-19 impediu a peregrinação física.

Os devotos tiveram de ater-se às celebrações organizadas virtualmente, mediante a internet, com transmissão ao vivo da Missa concelebrada no altar principal do santuário e presidida por dom Joseph Nguyen Chi Linh, arcebispo de Hue, que declarou:

“Cada um de nós se pergunta hoje onde é que está a Santíssima Virgem Maria, pedindo-lhe que olhe para as misérias dos seus filhos e ouça o pranto do Vietnã e do mundo inteiro. Nós cremos firmemente que nosso Senhor abençoa quem ainda confia em Deus e na Bem-Aventurada Virgem Maria, mesmo sob o desespero destas difíceis circunstâncias. Não conhecemos o plano de Deus, mas temos certeza de que Ele ama os seus filhos e ofereceu a própria vida na cruz para salvar a nossa”.

Aleteia

Marcio Brito
Marcio Brito

DaQui Agência Digital

Apoio Cultural:

banner
INFORMATIVO
banner-paroquia-nossa-senhora-gracas
encontro-matrimonio

Campanha da Fraternidade 2021

CRISTO É A PAZ: DO QUE ERA DIVIDIDO, FEZ UM unidade".