Precisamos falar sobre suicídio (não apenas em setembro)

Pensamentos suicidas aparecem com uma frequência muito maior do que imaginamos, atingindo jovens e idosos. Mas o diálogo pode salvar vidas
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Osuicídio acontece por causa da perda de sentido e de propósito diante da vida.

Fique ligado aos seus sinais, e aos sinais dos que estão próximos:

– Pensamentos: pensamentos remoídos obsessivamente, sem esperança e concentração são um dos primeiros indícios do suicídio, assim como enxergar a vida como algo sem sentido ou propósito;

– Humor: alterações extremas no humor podem sinalizar emoções suicidas. Excesso de raiva, sentimento de vingança, ansiedade, irritabilidade e sentimentos intensos de culpa ou vergonha são sinais aos quais você deve ficar atento;

– Avisos: Frases como “a vida não vale a pena”, “estou tão sozinho que queria morrer” ou “você vai sentir a minha falta” estão diretamente ligadas a pensamentos sobre a morte. Se a pessoa se sente um fardo, precisa buscar ajuda;

– Desapego: caso você perceba que a pessoa está começando a “fechar pontas soltas”, doar seus pertences e até visitar vários entes queridos, faça uma intervenção o mais rápido possível;

– Irresponsabilidade: comportamentos irresponsáveis e perigosos, sem medir as consequências, como o uso excessivo de álcool e drogas, direção imprudente e sexo sem proteção são indícios de que a pessoa já não dá a importância devida a própria vida;

– Mudança na rotina: todo mundo tem um lugar que gosta de frequentar em especial, então repare em mudanças extremas na rotina. Caso a pessoa pare de ir a locais que sempre gostou de visitar, tome uma medida o mais rápido possível. Abandonar atividades que lhe davam prazer é um grande sinal de alerta.

Apoio e diálogo contra o suicídio

O apoio de um ente querido é importante. Converse, escute com  paciência, sem julgamentos, sem expor nenhum sentimento que faça a pessoa se sentir culpada e envergonhada. Seja direto, e pergunte se a pessoa está com pensamentos suicidas. Por meio da resposta você pode obter um forte indício para buscar ajuda profissional, salvar a vida desta pessoa querida e fazer com que ela (re)encontre o sentido para viver.

Diálogos salvam vidas.

Aleteia

Marcio Brito
Marcio Brito

DaQui Agência Digital

Apoio Cultural:

banner-paroquia-nossa-senhora-gracas
encontro-matrimonio

Campanha da Fraternidade 2021

CRISTO É A PAZ: DO QUE ERA DIVIDIDO, FEZ UM unidade".