Vivamos a nossa fé na expectativa do encontro com o Senhor

“Vós também ficai preparados! Porque o Filho do Homem vai chegar na hora em que menos o esperardes” (Lucas 12,40).
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

É preciso alegrar-se para esperar o Senhor que vai chegar, não é na tristeza, no descaso, não é no pouco-caso, mas é com o coração alegre na esperança de que o Senhor virá. É que para nós pensar no Senhor que vai chegar é pensar que vamos ter que partir nessa vida, porque o Senhor vem ao nosso encontro ou nós vamos ao encontro d’Ele, e não importa em que ponto esse encontro aconteça, mas é o encontro mais esperado do coração humano. Esse anseio do encontro com o Senhor não pode sair de dentro de nós, porque senão viveremos uma fé vacilante e frustrante.

Se estivermos apenas vivendo uma fé que nos deixa presos e ancorados a esta vida, não seremos o administrador fiel e prudente na qual o Evangelho nos exorta. Viveremos nossa fé em função do tempo presente, em função dos nossos interesses dessa vida humana e mundana, mas de forma alguma pode e deve ser assim. Devemos viver a nossa fé na expectativa do encontro com o Senhor. Primeiro, encontramo-nos com o Senhor a cada dia e não podemos passar nem um dia sem encontrá-Lo. Encontramo-nos com o Senhor no irmão, na Palavra, na Eucaristia, nós nos encontramos com Ele na oração, na prática do amor fraterno, da caridade, do cuidado com os mais pobres; encontramo-nos com o Senhor quando nos reunimos em nome d’Ele.

Precisamos estar preparados, a cada dia, para esse encontro com o Senhor, porque Ele não vai nos avisar

Cada encontro nosso com o Senhor deve acender em nosso coração a expectativa do nosso encontro definitivo com Ele. Desculpa, mas a nossa fé está muito equivocada, estamos, muitas vezes, vivendo como se Deus estivesse distante de nós, e estamos ignorando os encontros ordinários e extraordinários que nós temos com Ele em nossa vida, por isso que o coração não se acende, por isso que, muitas vezes, a morte surpreende, decepciona, ilude a tantos, machuca muitos ainda, porque não entendemos o sentido do encontro.

Precisamos estar preparados, a cada dia, para esse encontro com o Senhor, porque Ele não vai avisar: “Olha, vou chegar amanhã”. O Senhor está entre nós e vai chegar de uma forma definitiva para que o coração daquele que é Seu discípulo fiel e prudente, na alegria, O encontre. O nosso encontro com o Senhor não será triste; será triste não nos encontrarmos com Ele, sermos afastados d’Ele.

Às vezes, sentimos a tristeza quando uma pessoa querida nossa parte, é a tristeza da separação humana, mas se não tivermos no fundo da alma um sentimento de fé, esperança e alegria — porque o meu que aqui sofria, agora se alegra na presença de Deus —, é porque não vivemos uma fé de expectativa, não vivemos uma fé que nos remete às alturas e ao encontro do Senhor. Vivemos uma fé em função da minha realidade neste mundo, e é por isso que o Senhor está dizendo: “Ficai preparados. Ficai espertos”, porque não podemos esperar que vai ser no nosso tempo.

Deus nos surpreende, e que a surpresa final da vida não seja desagradável, porque não estamos sendo fiéis nem prudentes, mas sejamos, a cada dia, administradores fiéis e prudentes da graça de Deus, encontrando-nos com o Senhor, porque o encontro definitivo será uma bênção e uma alegria sem fim.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo

 

Marcio Brito
Marcio Brito

DaQui Agência Digital

Apoio Cultural:

finados3
banner-paroquia-nossa-senhora-gracas
encontro-matrimonio

Campanha da Fraternidade 2021

CRISTO É A PAZ: DO QUE ERA DIVIDIDO, FEZ UM unidade".