Espanha. Pontifícias Obras Missionárias apresentam o Dia Mundial das Missões

O diretor nacional das POM na Espanha, padre José Calderón, faz votos de que a missa do Dia Mundial das Missões, este domingo, 24 de outubro, que será transmitida pelo canal de televisão espanhol La 2, do Mosteiro de San Juan de los Reyes, em Toledo, seja uma ocasião de oração e de ajuda às missões; e que Domund 2021, com o retorno à normalidade e a presença dos fiéis nas igrejas, consiga fazer melhor arrecadação de fundos do que a do ano passado. De fato, as ajudas serão destinadas às missões
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Ouça a reportagem e compartilhe!

Foi apresentada na terça-feira, 19 de outubro, pelo diretor nacional das Pontifícias Obras Missionárias (POM) na Espanha, padre José Maria Calderón, na sede da direção nacional das POM, o Dia Mundial das Missões (Domund), que será celebrado neste domingo, 24 de outubro, com o tema “Não podemos deixar de afirmar o que vimos e ouvimos”, “para conscientizar os cristãos de que a Igreja é universal”.

Diocese cazaque grata pela ajuda da nação espanhola

Também falaram na apresentação deste Dia Mundial das Missões, ao lado do padre Calderón, dom José Luis Mumbiela, missionário espanhol e bispo de Almaty, no Cazaquistão, e Mónica Marín, fundadora da Associação Jatari.

O bispo da Diocese de Almaty – um dos 1.116 territórios de missão que dependem do apoio das POM para seu sustento – falou de sua experiência na diocese cazaque, agradecendo à Espanha por sua ajuda. Ele falou de uma Igreja jovem, de uma Igreja pobre, mas grata pela ajuda da nação espanhola, onde o Espírito Santo trabalha da mesma forma como no país ibérico.

Devemos partir por primeiro em missão

Dom Mumbiela lembrou os anos vividos no silêncio durante a era soviética – lê-se no comunicado das POM -, mas sobretudo deu testemunho do “que ele viu e ouviu” dos fiéis que mantiveram viva a fé e a Igreja durante o período de perseguição.

Partindo de uma repreensão aos missionários feita por uma mulher idosa, recebida em sua chegada ao país em 1998, por chegar tão tarde, o prelado disse: “Não podemos ser os últimos, devemos ir por primeiro, devemos nos lançar na missão porque o povo está esperando”.

Deixar o conforto do “sofá” para ser Igreja missionária

Por sua vez, Mónica Marín explicou como fundou a Associação Jatari, uma palavra que significa “levanta-te” em quéchua, no seu retorno de uma experiência missionária no Peru. Ela falou da mudança que esta experiência de vida trouxe nela, e como isso a levou a tentar ajudar outros jovens a “deixar o conforto do ‘sofá’, que é o que mantém os cristãos longe da missão”.

Concluindo, padre Calderón fez votos de que a missa do Domingo do Dia Mundial das Missões, que será transmitida pelo canal de televisão espanhol La 2, do Mosteiro de San Juan de los Reyes, em Toledo, seja uma ocasião de oração e de ajuda às missões; e que Domund 2021, com o retorno à normalidade e a presença dos fiéis nas igrejas, consiga fazer melhor arrecadação de fundos do que a do ano passado, que ultrapassou os 11 milhões de euros.

Vatican News – AP/RL

Marcio Brito
Marcio Brito

DaQui Agência Digital

Apoio Cultural:

finados3
banner-paroquia-nossa-senhora-gracas
encontro-matrimonio

Campanha da Fraternidade 2021

CRISTO É A PAZ: DO QUE ERA DIVIDIDO, FEZ UM unidade".