Adoção espiritual: um gesto concreto de amor e fé na luta pela vida

Através da oração, você pode salvar crianças que correm o risco de serem abortadas
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

De acordo com o site Worldometer, que fornece estatísticas em tempo real, foram realizados cerca de 37,5 milhões de abortos em todo o mundo. Os números se referem ao período entre 1.º de janeiro e 18 de outubro de 2021.

Isso mesmo: neste ano já são mais de 37 milhões e meio de vidas tiradas através das mais diferentes, criminosas e cruéis maneiras.

Por isso, precisamos nos unir em oração para salvarmos vidas e combatermos a cultura da morte e do descarte. Uma das formas é aderir à adoção espiritual.

A adoção espiritual

adoção espiritual surgiu após as aparições de Nossa Senhora em Fátima, quando Maria pediu que rezássemos o Terço e fizéssemos penitência em reparação pelos pecados.

Trata-se de um amoroso acolhimento espiritual através da oração. Ou seja: é um compromisso de rezar pelos bebês em gestação que correm o risco de serem abortados.

Na prática, funciona assim: o interessado começa com uma oração que deve ser feita apenas no início da adoção. Pode ser a seguinte prece:

“Maria, Virgem Santíssima e Mãe de Deus, todos os Anjos e Santos! Eu… (dizer nome e sobrenome), animado(a) pelo desejo de socorrer as crianças não nascidas, faço o firme propósito e prometo que, desde este dia… (dizer a data), faço a adoção espiritual de uma criança, cujo nome só Deus sabe, e rezarei cada dia, durante nove meses, pela proteção da vida dela e para que, depois de nascer, ela leve uma vida justa e digna. Para esse fim, prometo: – rezar todos os dias a oração na intenção da criança e dos pais dela; – rezer uma dezena do terço; – cumprir o seguinte propósito pessoal: … (dizer seu propósito).”

Nove meses de oração

Depois, diariamente e durante nove meses, o participante reza um dos mistérios do Rosário e a seguinte oração:

“Senhor Jesus, pela intercessão de Maria, Vossa Mãe, que Vos acolheu com amor, e pela intercessão de São José, homem de confiança que cuidou de Vós após o nascimento, peço-Vos por esta criança concebida, adotada espiritualmente por mim, que corre o perigo de ser abortada. Dai sua mãe e aos outros familiares o amor e a coragem de deixá-la viver, Vós, que lhe concedestes a vida. Amém.”

Por fim, o participante do programa de adoção espiritual ainda pode acrescentar um propósito diário. Por exemplo: boa ação, jejum, penitência, alguma oração e leitura bíblica.

Benefícios

Com a adoção espiritual, nós, fiéis, esperamos e cremos que Deus, em sua misericórdia e onipotência, ajudará a criança ameaçada pelo aborto a sobreviver a este momento difícil. Mais do que isso, rogamos a Deus pelo bom acolhimento da criança na própria família ou na família que pretende adotá-la legalmente.

Ademais, a oração de adoção espiritual pode trazer bons frutos na vida dos jovens. Muitos deles percebem o benefício deste ato através da vivência da castidade, do entendimento da sexualidade como dom de Deus e da preparação para o matrimônio.

Vale dizer que essa oração restaura a paz nas famílias, curando os corações feridos de mães e familiares que rejeitaram a vida. Deus, ao perdoar o aborto, espera que a mulher e todos os envolvidos neste crime não voltem a cometê-lo.

Enfim, no artigo abaixo, você pode conferir perguntas e repostas sobre como funciona a adoção espiritual e como aderir a este gesto de amor.

Marcio Brito
Marcio Brito

DaQui Agência Digital

Apoio Cultural:

finados3
banner-paroquia-nossa-senhora-gracas
encontro-matrimonio

Campanha da Fraternidade 2021

CRISTO É A PAZ: DO QUE ERA DIVIDIDO, FEZ UM unidade".