Papa Francisco: “A luz de Jesus é sempre maior que as trevas”

"Jesus é a luz que ilumina as noites do coração e do mundo, derrota as trevas e vence toda a cegueira"
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

OPapa Francisco afirmou, durante a homilia da sua primeira Missa nesta viagem apostólica ao Chipre, que a luz de Jesus é sempre “maior que qualquer uma das nossas trevas”.

Celebrando em latim no Estádio GSP da capital Nicósia, o Papa exortou:

“Renovemos a nossa confiança n’Ele. Digamos a Ele: Jesus, acreditamos que a vossa luz é maior que qualquer uma das nossas trevas. Acreditamos que podeis curar-nos, que podeis renovar a nossa fraternidade, que podeis multiplicar a nossa alegria, e, com toda a Igreja, nós Vos invocamos todos juntos: vinde, Senhor Jesus!”.

A Santa Missa foi concelebrada com o patriarca maronita de Antioquia, cardeal Béchara Boutros Raï, e com o patriarca latino de Jerusalém, dom Pierbattista Pizzaballa. Participaram cerca de 10 mil pessoas, incluindo o presidente da República do Chipre e um grupo de fiéis do Líbano. Os cantos litúrgicos foram entoados por um grande coro que juntou crianças, adolescentes e adultos. A primeira leitura e o Evangelho foram proclamados em grego, enquanto o salmo foi cantado em inglês.

A luz de Jesus

Francisco falou, no sermão, da passagem do Evangelho de São Mateus em que Jesus cura dois cegos que, no entanto, “enxergam o que mais importa: eles reconhecem Jesus como o Messias que veio ao mundo”. A partir desta passagem, o Papa sugeriu três atitudes: ir atrás de Jesus para pedir a cura, suportar juntos os sofrimentos e anunciar com alegria o Evangelho.

Sobre Jesus, Francisco declarou:

Jesus é a luz que ilumina as noites do coração e do mundo, derrota as trevas e vence toda a cegueira. Nós também, como os dois cegos, temos cegueiras no coração. Somos caminhantes muitas vezes imersos nas trevas da vida. A primeira coisa a fazer é ir atrás de Jesus como Ele próprio nos pede: ‘Vinde a Mim todos vós que estais cansados e oprimidos, pois vos darei alívio’”.

Marcio Brito
Marcio Brito

DaQui Agência Digital

Apoio Cultural: