Pe. Zezinho: “Papa Francisco sabe o que faz”

O sacerdote brasileiro comenta o episódio em que um clérigo ortodoxo acusou o Papa de herege
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

OPapa Francisco sabe o que faz, declarou o pe. Zezinho ao comentar o recente episódio em que um clérigo ortodoxo acusou o pontífice de herege, durante a sua viagem apostólica ao Chipre e à Grécia.

Eis o que o sacerdote brasileiro escreveu em sua rede social, sob o título “Papa Francisco sabe o que faz”:

“Um padre ortodoxo xingou o Papa católico de herege, diante dos líderes da Igreja Ortodoxa. Se os lideres daquela igreja irmã receberam o Papa Francisco para dialogar é sinal de que confiam no Papa e na liderança católica.

Foi-se o tempo em que católicos e ortodoxos se agrediam um chamando o outro de herege. Faz mil anos que as duas igrejas se separaram. Agora faz quase 70 anos que estamos nos encontrando. Não é um padre ortodoxo ou algum padre católico que não aceita atualizações que vai estragar o clima de fraternidade inaugurado com São João XXIII e São Paulo VI.

Uns pouquíssimos padres e bispos e leigos católicos também xingaram o Papa de herege. Herege é quem está separado. Ora, se tais bispos, padres e leigos estão se separando do Papa, que é o líder da nossa Igreja, então os hereges são eles”.

“Papa Francisco sabe o que faz”

O pe. Zezinho prosseguiu:

“Errou o padre ortodoxo, erram os bispos e padres e leigos católicos que acusam o Papa católico de heresia. Acusam o Papa do que eles se tornaram ao se insurgirem contra as atualizações desde 1965, assinadas por mais de três mil bispos no Concílio Vaticano II.

O Papa Francisco só está obedecendo àquele concílio que continua valendo para os católicos que não xingam o Papa. Os outros já escolheram o cisma ou o rompimento com a esmagadora maioria que deseja mais diálogo ecumênico”.

Aleteia

Marcio Brito
Marcio Brito

DaQui Agência Digital

Apoio Cultural: