Alimente um desejo de vida em seu coração

“Senhor, se queres, tu tens o poder de me purificar. Jesus estendeu a mão, tocou nele e disse: ‘Eu quero, fica purificado’” (Lucas 5,12-13).
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

“Se queres.” Alguém que não renunciou ao desejo de viver, um homem que, apesar da sua enfermidade, era um leproso. Imagine vocês, naquele tempo, a lepra. Apesar de ter essa enfermidade, essa pessoa não renunciou ao desejo de viver, ele tem consciência da sua situação, mas não se entrega, alimenta ainda, no coração, um desejo de vida: “Senhor, se queres…”, ele expõe esse desejo para Cristo, ele expõe a sua angústia, a sua realidade.

O desejo nos abre a acolher algo, do contrário, ainda que houvesse alguém disposto a dar-nos alguma coisa, se não desejássemos aquela coisa, isso não serviria de nada, essa coisa seria desprezada. O desejo só tem sentido se houver abertura de coração, inquietude interior. Você precisa desejar Deus, você precisa querer Deus na sua vida, você precisa abrir-se à ação d’Ele, porque de nada adiantaria o querer de Deus, o desejo d’Ele de ajudar você, de salvar você, se você também não manifestasse o seu desejo de Deus.

Deseje uma vida honesta, uma vida digna, e lance o seu coração na realização e na concretização desse desejo

Não desejemos baixo, desejemos coisas do Alto. Sempre, no início do ano, nós pedimos: “Tendo saúde, o resto a gente corre atrás”, mas não basta ter saúde! Deseje também a sua salvação, deseje a santidade, deseje ser uma pessoa plena de Deus. Só saúde pedem os pagãos, para que essa saúde os ajude a ganhar dinheiro, a ter muitas coisas, mas a nossa vida, os nossos projetos não estão neste mundo. Então, além de saúde, deseje Deus, deseje a santidade, deseje uma vida honesta, uma vida digna, e lance o seu coração na realização e na concretização desse desejo.

Jesus responde: “Eu quero, fica purificado”. Que coisa linda! Acontece o encontro entre os dois desejos: do coração daquele homem e o desejo de Cristo. Diante do desejo sincero daquele homem, Jesus também manifesta o seu desejo: purificar aquele homem, salvar aquele homem. Ele conseguiu tocar o coração de Cristo e, agora, Cristo toca aquele homem.

Deus deseja sempre a vida para você, a plenitude, resta saber se você também quer, se você também tem essa disposição. Não se deixe tomar pelo sentimento de indignidade; aquele leproso poderia ter ficado aprisionado na sua indignidade, naquele sentimento ruim, mas a sua miséria não é o obstáculo para a graça de Deus. Ele deseja tocar a sua vida profundamente e deseja transformá-la. Queira também, deseje também essa graça, essa transformação; una o seu desejo ao desejo de Deus que quer salvá-lo. Que coisas grandiosas vão acontecer na sua vida!

Sobre todos vós, a bênção do Deus Todo-poderoso. Pai, Filho e Espírito Santo. Amém! 

Padre Donizete Ferreira

 

Marcio Brito
Marcio Brito

DaQui Agência Digital

Apoio Cultural:

finados3
banner-paroquia-nossa-senhora-gracas
encontro-matrimonio

Campanha da Fraternidade 2021

CRISTO É A PAZ: DO QUE ERA DIVIDIDO, FEZ UM unidade".