A Paz Está no Ar!

Pastorais e Movimentos

liturcia

Partoral da Liturgia

Pastoral da Liturgia

A Pastoral da Liturgia tem por objetivo organizar as Santas Missas, celebrações, honras santas e procissões,
portanto tem uma natureza comunitária.
A liturgia compreende os serviços de equipes que em nome da comunidade eclesial
planejam sua vida liturgica, preparam e avaliam as celebrações e qualificam ministros e servidores
para eficiente e eficaz desempenho de suas funções.
A equipe da liturgia é, então o coração da pastoral da Igreja.

comunhão

Ministro da S. Comunhão

  • Ministros Estraordinários da Sagrada Comunhão

OBJETIVOS Distribuir a Sagrada Comunhão aos fiéis, reunidos em assembleia
Liturgica, ou seja, na celebração da Santa Missa ou Celebração da Palavra,
e também levar a Sagrada Comunhão aos Doentes e Idosos
em suas casas, pois estes, na maioria dos casos, estão
impossibilitados de estarem presentes nas Assembleias Litúrgicas.

PRINCIPAIS ATIVIDADES
Distribuir a Comunhão Eucarística na Missa e Celebrações da Palavra;
Levar Jesus Eucarístico aos enfermos, idosos, aos que não podem ir recebê-lo
junto da comunidade reunida; Presidir a Celebração da Palavra
, quando na comunidade não houver Equipe de Celebração;
Promover, coordenar e animar as adorações a Jesus na Eucaristia, para
que sejam frutuosas aos participantes; Evangelizar sobre a Eucaristia
através de uma catequese, onde ressalte a verdade sobre a presença real
de Jesus neste Sacramento; Cuidar das coisas ligadas à Jesus
Eucarístico: Capela do Santíssimo, Sacrário, âmbulas, Cálices, altar,
ornamentação, etc. Estar sempre atento para que tudo estejam em ordem, bem feito e bem cuidado.

coroinha

Coroinhas

  • Coroinhas

Objetivo: A Pastoral dos Coroinhas tem o objetivo de despertar as crianças e os adolescentes para o verdadeiro amor e respeito a Sagrada Eucaristia, levando-os a uma verdadeira espiritualidade, formando os futuros lideres de nossas comunidades e pastorais, para que a Paróquia cresça cada vez mais.

O que vem a ser um Coroinha?
Trata-se do menino ou da menina que exerce o papel de acólito nas funções litúrgicas na Igreja Católica.

O Acólito é incumbido de servir ao altar e auxiliar o sacerdote e o diácono.

O coroinha ajuda na missa, ele não é apenas um enfeite. Ele tem uma função importante que é a de desempenhar um ministério, um serviço litúrgico.

O que é preciso para ser coroinha?
1. Ter concluído ou estar cursando o segundo ano da  catequese.
2. Ser disponível para Deus, assumindo seu compromisso e disponibilidade nas Missas e eventos da Igreja.
3. Esforçar-se para ser bom, procurando viver o que Jesus viveu.

Do coroinha exige-se postura, respeito para com os ministérios, respeito para com o sacerdote e atenção para com os fiéis da assembléia, respeito para com os objetos e com o presbitério, pois é um lugar sagrado.

Juntos, os coroinhas formam um grupo muito importante para a paróquia e são orientados em encontros, para promover a união, compreensão, confiança e estima, coisas de que tanto precisam, além de estarem sempre presentes nos eventos de nossa Igreja. Nesses encontros aprende-se sobre os mistérios da fé e aprende-se o trabalho de serviço ao Altar, tanto na teoria como na prática.

Ser coroinha exige responsabilidade, coisa que assumimos todos juntos, e cada um em particular, com amor e alegria. Não se estabelece uma idade mínima ou máxima para ser um coroinha, basta que a criança saiba discernir alguns aspectos de nossa religião com respeito e educação. O serviço de coroinha em si é trilhado através de uma preparação tanto religiosa como explicativa.

Se você criança ou adolescente sentir esta vontade de participar da Missa de uma forma totalmente diferente, conhecendo sobre sua fé e criando novas amizades, entre em contato com a nossa pastoral.

Procure a Pastoral na Secretaria paroquia.

 

musicos

Músicos

 

  • Músicos

Qual é o papel do músico na Igreja?

Tocar com propriedade e ministrar a musica é o principal carisma de um musico católico e a cada dia que passa deve ser mais plantado, regado e frutificado. Todo musico católico tem que ter por obrigação uma vida sacramental, pois um musico católico passa por muitas tentações, dificuldades e principalmente o desânimo, por esse motivo cabe a nós zelar e fortalecer nosso espírito para passar por essas adversidades e continuarmos firmes. Adorar Jesus no Santíssimo Sacramento do Altar, rezar, momentos de oração em grupo, obediência e a comunhão diária( se possível ), são pontos primordiais para um servir pleno e um espírito firme.

 

acolhida

Pastoral da Acolhida

  • Pastoral da Acolhida

OBJETIVO
Acolher com alegria e disposição as pessoas nas portas da igreja para
que sintam-se bem no espaço sagrado e assim consigam rezar melhor.

PRINCIPAIS ATIVIDADES
Estar nas portas da igreja meia hora antes do início das missas ára
receber as pessoas.
Um encontro mensal de orações e partilha na gruta. Quando possível no
4º sábado do mês.

batismo

Pastoral do Batismo

  • Pastoral do Batismo

OBJETIVO

Preparar pais e padrinhos para a celebração do sacramento do
batismo.

PRINCIPAIS ATIVIDADES

Preparação dos encontros e também acompanhamentos, quando
possível, às celebrações.

DINÂMICAS DO GRUPO
Nós nos encontramos na semana que antecede cada encontro de
formação. Os encontros, na nossa paróquia, acontecem no segundo
domingo de cada mês. Não temos encontro no mês de maio e no mês
de agosto, dia das mães e dos pais respectivamente. O trabalho é dividido
em vários momentos. Acolhida, leituras bíblicas, símbolos, etc.

catequese

Pastoral da Catequese

  • Pastoral da Catequese

OBJETIVO

Tornar Jesus cristo mais conhecido e amado para que os
catequizandos busuem o gosto de viver sua Santa Palavra e participe
da comunidade.

PRINCIPAIS ATIVIDADES
– Um enconto semanal de uma hora com os catequizandos
– Uma reunião mensal de formação com os catequstas;
– Um retiro anual de um dia para catequistas
– Duas confraternizações por ano com os catequistas
– Três missas por mês são animadas pela catequese na matriz;
– Reuniões periódicas com os ppais do segundo ano de Crisma e do
segundo ano de comunhão.

pascom

Pastoral da Comunicação

  • Pastoral da Comunicação

OBJETIVO
Evangelizar através dos meios de comunicação, divulgando ações,
eventos e atividades da paróquia e promovendo a integração da
comunidade com a vida e história da igreja:

PRINCIPAIS ATIVIDADES
Gerebciamento da comunicação da igreja:
– Facebook
– Instagram
– WhatsApp
– Aplicativo
– Programa de Rádio Nós igreja
– Transmissão da Missa
– Mural da igreja
– Slides da missa
– Cobertura Fotográfica de eventos
– Design gráfico
– Produção de conteúdo e relacionamento com a imprensa.

DINÂMICAS DO GRUPO
Reunião mensal no 3º sábado do mês
Animação da liturgia do 4º sábado do mês
Retiro espiritual semestral

crianca

Pastoral da Criança

  • Pastoral da Criança

OBJETIVO
A Pastoral da Criança se dedica a acompanhar e da suporte as
famílias sobretudo às suas crianças.

PRINCIPAIS ATIVIDADES
Nas reuniões chamadas de “consagrações divinas” as líderes se
reúnem com as mães e palestram sobre temas específicos e orientam
as famílias. São feitas também visitas às casas onde conversam e
ouvem as necessidades de cada família. Algumas recebem alimentos e
uma multimistura para combater a desnutrição dos carentes. A cada
três meses as crianças são pesadas para manter o acompanhamento.

DINÂMICA DO GRUPO
Reuniões nos domingos às 16h na comunidade Madre Regina Protmann – Mimoso II

dizimo

Pastoral do Dízimo

  • Pastoral do Dízimo

OBJETIVO

Evangelizar conscientizando sobre a importancia de ser dizimista
como está na bíblia, mostrando que o dízimo e as ofertas sãos as
únicas maneiras que mantém a casa de Deus que é a igreja.

PRINCIPAIS ATIVIDADES
preparamos as missas de cada mês, temos o plantão do dízimo no
final de cada missa ou celebração para orientação, e palestras na
catequese e outros encontros.

DINÂMICA DO GRUPO
Reuniões mensais na última segunda-feira do mês e alguns encontros
anuais para aprofundamento teórico sobre o dízimo.

saude

Pastoral da Saúde

  • Pastoral da Saúde

OBJETIVO

A Razão da Pastoral da Saúde está no fato de que ela existe “para que
todos tenham vida e a tenham em abundância” (cf. Jo 10,10). É sua
missão evangelizar com renovador ardor o mundo da saúde. à luz da
opção preferencial pelos pobres e enfermos, participando da
construção de uma sociedade justa e solidária a serviço da vida.

familiar

Pastoral Familiar

 

  • Pastoral da Familia

PRINCIPAIS ATIVIDADES
Propõem cursos de formação em preparação sacramento do
matrimônio (curso de noivos).
Apoia na liturgia do casamento em todas as comunidades, realiza
encontros para famílias, visitas familiares, entre outros.

DINÂMICA DO GRUPO
Os secontros acontecem de 15 em 15 dias.

DIA DAS REUNIÕES

MATRIZ
De 15 em 15 dias
Nas segundas-feiras
19h30min
No centro catequético ou casa de integrantes

DIVINO PAI ETERNO
De 15 em 15 dias
Nas quartas-feiras
19h30min
Na igreja ou casa de integrantes.

 

juventude

Pastoral da Juventude

  • Pastoral da Juventude

OBJETIVO
Despertar os jovens para a pessoa e a proposta de Jesus Cristo,
desenvolvendo com eles um processo global de formação a partir da
fé, para formar líderes capacitados a atuarem na própria Pastoral da
Juventude ou em outras Pastorais da igreja.

PRINCIPAIS ATIVIDADES
DNJ- Dia Nacional da Juventude
DNJ- Dia Missionário da Juventude
Encontrão da Juventude

DINÂMICAS DO GRUPO
Encontros semanais na paróquia e comunidades

Efatá = Abra-te
Sábados às 16h30min
Comunidade Madre Regina – Mimoso II

Junac – Juventude Unida no Amor de Cristo
Sábados às 15h45min
Comunidade Santo Antônio – Mimoso II

JUVEMC – Jovens Unidos Vivendo em Cristo
Sexta-feira às 18h
Centro catequético da Igreja Nossa Senhora Aparecida

JMC – Jovens Missionários de Cristo
Sábado às 17h30min
Comunidade Divino Pai Eterno – Cidade Universitária

PRINCIPAIS ATIVIDADES
DNJ: Dia Nacional da Juventude
DMJ: Dia Missionário da Juventude
Encontrão da Juventude

conselho

Conselho Econômico

 

  • Conselho Econômico

OBJETIVO

O Conselho Econômico é um grupo de pessoas, presidido pelo pároco, que tem como
missão ajudá-lo na reta e justa administração dos bens materiais da paróquia, bem como
nos eventos promovidos pela mesma, para projetos financeiros paroquiais, bem como a Festa
da Colheita, Festa dos Pais, Festa de Nossa Senhora Aparecida, entre outras.

apostolado-oracao

Apostolado da Oração

  • Apostolado da Adoração

OBJETIVO

Apostolado da Oração

O Apostolado da Oração (AO) é, antes de tudo, fazemo-nos
interiormente disponíveis para a missão de Cristo. Esta disponibilidade
tem como sua fonte e modelo Jesus Cristo entregue a nós e por nós,
que se nos faz presente continuamente na Eucaristia. Receber a Sua
vida leva-nos, reconhecidos, a oferecer diariamente a nossa própria
vida ao Pai.
O Apostolado da Oração é um caminho espiritual que a igreja propõe a
todos os cristãos para os ajudar a ser amigos e apóstolos de Jesus
Ressuscitado na vida diária e despertar neles a capacidade
missionária. Leva-os a uma aliança de amor pessoal com ele,
simbolizada no seu Coração.

grupo-maranatha

Grupo de Oração Maranatha

  • Grupo de Oração Maranatha

19h Santo Terço
19h30min Animação, louvor e momento de oração

As Reuniões da RCC na Paróquia Nossa Senhora Aparecida acontecem
sempre após o Grupo de Oração.

sagrada-chagas

Comunidade Sagrada Chagas

 

  • Comunidade Sagrada Chagas

Comunidade Católica Sagrada Chagas
Fundação: 20/11/2006
Fundador: Antônio Carlos A. dos Santos
Co-Fundador João Paulo de Jesus Santos
Endereço: Rua Paraná, nº 1075, Mimoso I
CEP: 47850-000 – Luís Eduardo Magalhães-BA
E-mail: sagradaschagas@gmail.com

fazenda-esperanca

Fazenda Esperaça

 

  •  Fazenda Esperança

OBJETIVO
A recuperação de dependentes químicos. A Fazenda Esperança é
uma comunidade terapêutica, o qual se baseia em processos
pedagógicos que elevam a autoestima e resgatam a dignidade dos
acolhidos.

PRINCIPAIS ATIVIDADES
O programa de recuperação é baseado no tripé que consiste no
trabalho, na espiritualidade e na convivência. As atividades consistem
as inerentes à vida rural.

DINÂMICAS DO GRUPO
Os encontros são uma das peças fundamentais para o sucesso da
recuperação do jovem acolhido, através do GEV (Grupo Esperança
Viva). O objetivo da ação é estruturar a família.


E-mail: sagradaschagas@gmail.com

aucolicos-anonimos

Alcólicos Anônimos AA

 

  •  Alcólicos Anônimos

Reuniões: Sexta às 20h e Domingo às 10h
Os Alcólicos ou AA é uma comunidade, com caráter
voluntário, de homens e mulheres que se reúnem para alcançar e
manter a sobriedade através abstinência total de ingestão de
bebidas alcólicas.
Sem caráter religioso, embora tenha incorporado muitos princípios de
diversas religiões, a comunidade recebe pessoas de todas as
doutrinas. Sobrevive financeiramente através dos seus próprios
membros que contribueem espontaneamente, não aceitando
financiamento proveniente de fora da própria irmandade.
AA é um Grupo de Alcólicos Anônimos cujos membros compartilham
experiências, forças e esperanças em tempo real. O único requisito
para se tornar membro do A.A.desejo de parar de beber. Se este é o
seu caso, entre em contato com o grupo Vida Nova de AA, de Luís
Eduardo Magalhães.

Fone: 9 9985-4720 (Carlos)/ Rua Castro Alves, 1640 – Anexo ao Salão Paroquiel. Luís Eduardo Magalhães.

Campanha da Fraternidade 2020

Viu, sentiu compaixão e cuidou dele” (Lc 10,33-34)